Cepea/Esalq prevê estabilidade na pecuária em 2018

Cepea/Esalq prevê estabilidade na pecuária em 2018

PARTILHAR
Boi Gordo
Foto: Divulgação

Especialistas e pecuaristas dizem que a expectativa é de estabilidade para o setor, já que tivemos um 2017 extremamente complicado

Analisando os dados de 2017 e levando em consideração estimativas do mercado futuro, o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA-Esalq/USP), prevê estabilidade na pecuária em 2018, com cotações que podem chegar a $150 a arroba.

Segundo profissionais e entidades do setor, caso confirmadas as probabilidades, será necessário que o pecuarista esteja preparado para comercializar e obter lucros maiores que os atuais.

“A expectativa é de que a arroba em São Paulo chegue a R$145,03 no mês de maio de 2018 e com pico em outubro, quando deve atingir R$ 150,27”, analisa o gestor de projetos do Cepea, Thiago Bernardino de Carvalho. A última vez que a arroba registrou o valor de R$ 150 foi na primeira semana do ano de 2017, depois disso, a cotação sofreu quedas contínuas.

rafael-gratao
Presidente do Movimento Nacional dos Produtores Rafael Gratão

Para o presidente do Movimento Nacional dos Produtores (MNP), Rafael Gratão, o cenário deve se replicar no Centro-Oeste, mais especificamente, em Mato Grosso do Sul. “As turbulências sofridas pela pecuária neste ano foram contornadas e agora o cenário é de estabilidade. Podemos esperar altas expressivas ainda em 2017. Bom para aqueles produtores que organizaram as contas e diminuíram seus custos de produção”, pontua Gratão, referindo-se a importância do planejamento, enquanto se aguarda momentos melhores.

Sobre este assunto a veterinária da Servsal, Ana Cristina Andrade, faz um alerta. “O planejamento deve ir além da gestão da propriedade. Levando em conta o mercado futuro e as possibilidades de alta na arroba, é preciso preparar os animais, para que o produtor garanta receita”, afirma.

“Genética e nutrição devem estar atrelados, coma finalidade de um bom acabamento dos animais, garantindo maiores lucros e até as bonificações oferecidas pela indústria, quando o animal apresenta qualidade acima da média”, destaca.

Para os meses de outubro, novembro e dezembro deste ano, o Cepea estima a arroba em R$ 141,79, R$ 143,09 e R$ 142,30, respectivamente. Carvalho ressalta que todos os valores citados são nominais, ou seja, não consideram a inflação. “Os números deverão oscilar, mas se manterão nesses patamares”, garante o gestor de projetos.

Via MNP

-- conteúdo relacionado --
Corretor de gado, especialista opina sobre importâ... O corretor de gado, profissional dedicado à comercialização de gado tem para alguns imagem e conceito um pouco injustos. Na tentativa de desqualifica...
Pesquisas dizem que mercado externo vai mover seto... Segundo pesquisas do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq/USP), após u...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com