Cevada: Brasil mantém vocação para produção de cerveja

Cevada: Brasil mantém vocação para produção de cerveja

Produção de Cerveja
Foto: Divulgação/ Reprodução

Segundo a CervBrasil, o setor cervejeiro emprega 2,2 milhões de trabalhadores e fabricou 14,1 bilhões de litros do produto em 2016

O país tem cerca de 117 mil hectares plantados com cereais destinados à produção da cerveja, segundo a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil).

O setor gera cerca de 2,2 milhões de empregos e sua receita corresponde a 1,6% do PIB nacional, contribuindo com R$ 23 bilhões com impostos ao ano. Terceiro maior produtor mundial de cervejas, o Brasil fabricou 14,1 bilhões de litros de cerveja em 2016, ficando atrás da China e EUA.

Segundo o auditor fiscal e mestre cervejeiro Carlos Müller, atualmente estão registradas no Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento (Mapa) 610 cervejarias, que fabricam 7.540 produtos, divididos entre cervejas e chopes.

Este número cresceu cerca de seis vezes desde 2007, impulsionado pricipalmente pela abertura de empresas de pequeno porte, microcervejarias e brewpubs (bares que produzem sua própria cerveja).

De acordo Müller, cabe ao Mapa a fiscalização e padronização da produção nacional de cervejas. O Mistério da Agricultura estabelece os padrões de identidade e qualidade, as condições higiênico-sanitárias e tecnológicas das cervejas brasileiras. “O Brasil tem mantido sua vocação de cervejeiro, mesmo em tempos de crise”, diz auditor.

Interessados em registrar seus estabelecimentos cervejeiros devem procurar as superintendências federais de Agricultura nos seus estados para formalizar sua situação.

Fonte: MAPA

PARTILHAR

21 anos, Jales/SP.
Estudante de Jornalismo, fotógrafa e estagiaria em Assessoria de Imprensa.
Contato: jornalismo@comprerural.com