Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

China quer instalar mega frigorífico no Brasil

A companhia chinesa é a maior do país na distribuição de alimentos, como verduras, frutas e carnes. “Passa por aqui a comida que alimenta mais de 200 milhões de chineses. Além disso, também exportamos para o sudoeste asiático”, reforçou.

Após visita do governador Mauro Mendes e comitiva ao Shenzhen Agricultural Power, o centro de distribuição de alimentos da cidade, no último sábado (11.11), a estatal chinesa, que administra o complexo, afirmou que vai analisar a possibilidade de instalar uma das maiores plantas frigoríficas no estado de Mato Grosso.

Mato Grosso, que ostenta o título de detentor do maior rebanho de bovinos do Brasil com 34,4 milhões de cabeças, não só desempenha um papel vital na economia brasileira, mas também tem um impacto significativo na segurança alimentar global. Este estado, por si só, é responsável por alimentar aproximadamente 20 milhões de pessoas anualmente, tanto no Brasil quanto no exterior. Em 2022, as receitas provenientes das exportações de carne bovina alcançaram a impressionante marca de US$ 3 bilhões, solidificando a posição de Mato Grosso como o principal exportador de proteína vermelha do país.

A gigante chinesa, líder na distribuição de alimentos, incluindo verduras, frutas e carnes, abastece mais de 200 milhões de chineses e exporta para o sudoeste asiático. Com um faturamento de R$ 150 bilhões no último ano e mais de 20 mil funcionários, a empresa representa uma potencial injeção significativa na economia mato-grossense.

“Vamos a Mato Grosso para analisar a possibilidade de montar uma planta frigorífica no estado para exportar aqui pra China”, afirmou a representante da empresa, Lei Yu.

A companhia chinesa é a maior do país na distribuição de alimentos, como verduras, frutas e carnes. “Passa por aqui a comida que alimenta mais de 200 milhões de chineses. Além disso, também exportamos para o sudoeste asiático”, reforçou.

Somente em faturamento, a empresa somou no ano passado a quantia de R$ 150 bilhões e emprega no complexo todo mais de 20 mil pessoas.

“Para Mato Grosso, nossos produtores e população, será muito bom que uma empresa, do porte como é essa estatal de Shenzhen, se instale em nosso estado. É geração de renda e emprego e concorrência do nosso produto”, avaliou o governador Mauro Mendes.

Durante a visita ao complexo, Mauro Mendes e a comitiva de empresários e representantes dos setores do agronegócio e infraestrutura puderam conhecer as instalações e conhecer como é o sistema de distribuição e logística do produto que vem direto de Mato Grosso.

@mauromendesoficial

Meus amigos, visitamos hoje o Shenzhen Agricultural Power, principal centro de distribuição de alimentos da China. Esse local atende 200 milhões de chineses, e 50% do frango distribuído é do Brasil, incluindo os produzidos em Tangará da Serra. Queremos trazer essa experiência e tecnologia para Mato Grosso! ♬ som original – Mauro Mendes

Durante a visita, a comitiva conheceu as instalações e o sistema de distribuição do produto originado em Mato Grosso. O governador ressaltou a importância da carne produzida no estado no mercado chinês, citando o exemplo da empresa Marfrig.

“Encontramos no setor de frigorífico, por exemplo, a carne da empresa Marfrig, que veio direto da planta de  Tangará da Serra. E a carne produzida em nosso estado tem muito valor no mercado chinês”, destacou o governador.

Sistema de LED

O governador e comitiva também visitaram uma indústria de produção de lâmpadas de Led. O objetivo foi conhecer a tecnologia existente e suas aplicabilidades no mercado atual.

“Tivemos a exata noção do que podemos fazer e como inovar em nosso estado. Foi uma grande oportunidade, não só pra mim, enquanto governador, mas para toda a comitiva, para compreendermos como a tecnologia nesse segmento já está evoluída”, frisou.

Agenda

Neste domingo (12.11), a comitiva segue em viagem para Índia. Entre os compromissos estão agenda com o Embaixador do Brasil no país e participação na Índia International Trade Fair (IITF).

A meta é estabelecer relações para a abertura de mercado.

Comitiva

A visitas foram acompanhadas pela primeira-dama Virginia Mendes, a filha do casal, Ana Mendes, os secretários César Miranda (Desenvolvimento Econômico), Rogério Gallo (Fazenda), Laice Souza (Comunicação) e César Roveri (Segurança Pública), a assessora internacional Rita Chiletto e o ajudante de ordens Ricardo Mendes.

Crédito – Secom

Os deputados estaduais Beto Dois a Um e Diego Guimarães, além de entidades como a Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Associação de Produtores de Soja e Milho (Aprosoja), Associação de Criadores de Suínos (Acrismat), Associação de Produtores de Associação dos Produtores de Feijão, Pulses, Grãos Especiais e Irrigantes (Aprofir), Associação de Produtores de Sementes (Aprosmat), Famato, e Sebrae também compõem a comitiva.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM