Clima gera perdas nas lavouras de até 25 sacas de soja por...

Clima gera perdas nas lavouras de até 25 sacas de soja por hectare

PARTILHAR
rally-da-safra-soja
Foto: Rally da Safra

Rally da Safra avalia impactos do clima irregular nas lavouras de soja precoce no Oeste e Norte do Paraná, técnicos irão a campo a partir de 21 de janeiro.

O Rally da Safra, principal expedição técnica privada sobre a safra de grãos no Brasil, chega ao Paraná na próxima segunda-feira, dia 21. Os técnicos avaliarão lavouras de soja precoce no Oeste e Norte do Estado, passando pelas regiões de Maringá, Campo Mourão, Cascavel, Toledo e Guaíra, entre outros. Na sequência a equipe segue no Mato Grosso do Sul, finalizando essa etapa em Campo Grande, no dia 26.

A expedição técnica, organizada pela Agroconsult, estima percorrer mais de 100 mil quilômetros neste ano. A área avaliada pelos técnicos corresponde a 95% da produção de soja e 72% de milho no País. A previsão pré-Rally da safra brasileira é de 117,6 milhões de toneladas de soja, conforme a Agroconsult, a ser confirmada pelos técnicos em campo.

No Paraná, a situação das lavouras piorou na segunda quinzena de dezembro e no início de janeiro, especialmente no Oeste, no Norte e no Sudoeste do estado. Essas regiões passaram por um período de seca de 20 a 30 dias no final de novembro até pouco antes do Natal. Voltou a chover na última semana de dezembro, mas o volume não foi suficiente para recuperar parte das perdas. A distribuição das chuvas foi irregular e alguns bolsões permanecem ainda bastante secos.

As lavouras mais prejudicadas foram as precoces, que ocupam boa parte da área no Oeste do Estado. “A colheita das primeiras áreas mostra resultados bem abaixo do esperado, na faixa de 20 a 25 sacos por hectare em alguns casos. Os relatos de campo indicam que, em algumas áreas, o ciclo de desenvolvimento encurtou em até 20 dias devido ao estresse hídrico”, observa Fábio Meneghin, coordenador da Equipe 2.

Nesta 16ª edição do Rally serão 12 equipes em campo, das quais nove avaliarão as lavouras de soja até o mês de março. Outras três irão a campo entre maio e junho para verificar as áreas de milho segunda safra. O levantamento acontecerá nos 14 principais estados produtores: Mato Grosso, Paraná, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Maranhão, Piauí, Tocantins, Rondônia e Pará.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.