CNA pede leilões de emergência de milho para amparar suinocultura

CNA pede leilões de emergência de milho para amparar suinocultura

PARTILHAR
gr552386
Um suinocultor de 100 matrizes consome 41,6 toneladas de milho mensais (Foto: Rogério Albuquerque/Ed. Globo)

Se a proposta for atendida os produtores de suínos ganharam um fôlego até outubro

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) entregou ao Ministério da Fazenda ofício com um pedido para que sejam tomadas medidas emergenciais de amparo à suinocultura, em razão do aumento dos custos de produção e da queda dos preços pagos ao produtor.

Conforme nota divulgada nesta terça-feira, 10, a entidade pede leilões no formato de Valor de Escoamento de Produto (VEP) de 500 mil toneladas de milho para as Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Segundo a CNA, no VEP, o governo paga uma subvenção para que o grão seja destinado a uma região que precisa de abastecimento.

“Se essa proposta for atendida, os produtores de aves e suínos que mais demandam esse grão ganhariam fôlego até outubro”, disse na nota o assessor técnico da Comissão Nacional de Aves e Suínos da CNA, Victor Ayres.

A CNA também pede que a venda de milho balcão aumente para 40 toneladas mensais por cadastro, entre outras mudanças. O técnico afirma que um suinocultor de 100 matrizes consome 41,6 toneladas de milho mensais.

“Portanto, os atuais limites de 14 toneladas por cadastro amparam apenas granjas com produção de subsistência e não as de produção comercial”, diz.

A confederação pede ainda retorno da linha de crédito de custeio para a retenção de matrizes suínas.

“A medida é necessária para proporcionar capital de giro por alguns meses para o produtor manter suas contas em dia.”

POR ESTADÃO CONTEÚDO

-- conteúdo relacionado --
Pesquisas dizem que mercado externo vai mover seto... Segundo pesquisas do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq/USP), após u...
Soja em grão e milho puxam as vendas externas de a... Exportações totais do setor no mês passado somaram US$ 9,04 bi, com alta de 18,5% em relação ao mesmo mês de 2016 Apesar dos preços médios de exporta...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com