Colheita da soja no Brasil avançou lentamente na última semana

PARTILHAR

Mesmo assim, a colheita continua superior aos 87,2% observados em igual data do ano passado e dos 84,8% da média plurianual – últimos 5 anos

Levantamento realizado pela DATAGRO até a sexta-feira (8) mostra que a colheita brasileira de soja da safra 2021/22 alcançou 87,5% da área estimada, avanço semanal de apenas 5,0 pontos percentuais – o padrão médio para o período é de 5,6 p.p.

Mesmo assim, a colheita continua superior aos 87,2% observados em igual data do ano passado e dos 84,8% da média plurianual – últimos 5 anos.

“A lentidão esteve ligada à ocorrência de novas chuvas sobre boa parte da região produtora, especialmente no Sul do País. Por outro lado, essa maior umidade manteve as boas condições dominantes nas lavouras semeadas mais tarde”, destaca Flávio Roberto de França Junior, coordenador de Grãos da DATAGRO.

Milho de verão

A colheita do milho de verão no Centro-Sul do Brasil alcançou 84,8% da área projetada para a região, avanço de 4,7 p.p. ante a semana encerrada em 1º de abril, aquém dos 6,9 p.p. da média normal para o período, aponta o levantamento da DATAGRO.

A despeito do progresso lento, segue bem acima dos 75,6% de semelhante momento de 2021 e dos 78,9% da média plurianual.

“Com o plantio da nova safra de inverno de milho encerrado, e a manutenção de clima predominantemente favorável em fevereiro, março e início de abril, resta pouco para o País garantir uma safra cheia”, diz França Junior. “A previsão é de que grande parte da região produtora receba precipitações nessa primeira quinzena de abril, mantendo o sentimento otimista para a produção”, complementa.

Fonte: Datagro

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com