Com alta do dólar e incertezas quanto à 2ª safra, preço reage...

Com alta do dólar e incertezas quanto à 2ª safra, preço reage em algumas regiões

PARTILHAR

Os preços de milho seguiram em queda durante quase todo o mês de abril na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea, pressionados por compradores e pela flexibilidade de vendedores.

No entanto, algumas praças, especialmente as consumidoras, registraram reações nos últimos dias, impulsionadas por especulações quanto ao desenvolvimento das lavouras de segunda safra e pela valorização do dólar frente ao Real.

Produtores também se retraíram na última semana do mês, firmes quanto aos valores de venda, atentos ao desenvolvimento das lavouras e no aguardo de melhores oportunidade de negócios, principalmente para exportação.

O Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas/SP) subiu 0,41% entre 20 e 27 de abril, a R$ 38,98/sc de 60 kg no dia 27.

Fonte: Cepea

-- conteúdo relacionado --

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com