Com expectativas baixas, agricultores fogem de financiamentos

Com expectativas baixas, agricultores fogem de financiamentos

Foto Divulgação.

Com forte redução na área de milho, expectativas de produtividade menores na soja do que na safra anterior e incertezas quanto ao clima, os produtores rurais de Santa Catarina completaram o plantio em dezembro deixando os bancos de lado.

“É um ano bastante atípico para financiamentos agrícolas. O produtor estava capitalizado e abandonou os bancos oficiais para fazer uma safra com recursos próprios. Até porque o financiamento embute penduricalhos, como seguros, e não há uma [boa] previsão de preços, fazendo uma safra mais barata”, destaca Enori Barbieri, vice-presidente da Federação de Agricultura de Santa Catarina (Faesc).

Leia mais no Gazeta do Povo.

Fonte: Gazeta do Povo