Com maior fazenda leiteira, China vai produzir 39 mi de t

PARTILHAR

O impulso ascendente é dado por múltiplas razões, incluindo a melhoria dos sistemas de frio do país, mas fundamentalmente devido a uma maior consciência nutricional e mudanças nos costumes dos cidadãos.

China passou a desejar leite. A demanda que vinha crescendo constantemente aumentou ainda mais depois que os médicos anunciaram seus benefícios à saúde em meio à pandemia da Covid-19 e as empresas de laticínios em todo o país embarcaram em um frenesi de construção de fazendas.

Durante 2022, a China aumentará a produção de leite para 39,7 milhões de toneladas, informou a agência chinesa Xinhua. O aumento será devido a um rápido aumento na demanda, disse Yang Zhenni, pesquisador de um instituto do Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China.

Por outro lado, ele estimou que em 2031 a produção de laticínios se aproximará de 54 milhões de toneladas. Na China, a demanda por laticínios cresceu, nos últimos dez anos, a uma taxa média de 3,6%. O consumo doméstico de lácteos aumentou nos últimos dois anos, com um aumento per capita de 11,8% em relação ao ano anterior, para 42,3 kg em 2021.

Aumenta a demanda por leite fresco

Yang atribuiu a expansão da demanda à crescente atenção das pessoas à saúde e nutrição, observando que a epidemia de Covid-19 influenciou as preferências dos consumidores e acelerou o consumo de leite fresco de baixa temperatura na China.

À medida que as instalações da cadeia de frio melhoram e os hábitos das pessoas mudam, o consumo de produtos lácteos secos, como queijo e creme, está aumentando, enquanto o de leite pasteurizado também está experimentando um aumento substancial entre os produtos lácteos líquidos, acrescentou Yang e informou a Xinhua.

No primeiro trimestre de 2022, a China produziu 7,68 milhões de toneladas de leite, um aumento anual de 8,3%, segundo dados do National Bureau of Statistics.

Segundo a Rabobank

No início de 2021, o Rabobank havia relatado um aumento na demanda por leite líquido na China e anunciou que a tendência continuaria pelos próximos dez anos, criando oportunidades interessantes de exportação para os produtores de laticínios.

O analista sênior de laticínios do Rabobank, Michael Harvey, disse em fevereiro de 2021 que “a demanda chinesa de laticínios tem muito espaço para crescer a longo prazo, muito disso atribuível a fatores-chave de longa data, como baixo consumo per capita e forte investimento público e privado em o setor devido aos benefícios para a saúde dos produtos lácteos”.

Maior fazenda de leite do mundo

Modern Dairy da China tem o maior rebanho leiteiro do mundo, com cerca de 135 mil vacas leiteiras, dados divulgados em 2019. Eles registraram 1,28 milhão de toneladas de leite em 2018. Esta empresa administra seu rebanho em 26 localidades localizadas em sete províncias diferentes.

A maior fazenda de leite do mundo, localizada na China, tem um projeto desafiador. Porém, quando o trabalho começou e foi anunciado que teriam 100 mil cabeças, muitas pessoas duvidaram deste sucesso. Porém, acreditamos que estes números sejam alcançados antes do prazo de cinco anos!

Parece uma cidade, a maior fazenda de leite do mundo é também a maior em termos de área, são cerca de 22.500.000 acres. Veja o Vídeo!

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com