Embrapa: Como destinar os animais mortos da sua propriedade

Embrapa: Como destinar os animais mortos da sua propriedade

PARTILHAR
Foto de frangos mortos sendo descartados em vala
Foto: Vinícius Pacheco/G1

Projeto de destinação de animais mortos disponibiliza vídeo com resultados de pesquisa.

O projeto de Tecnologias para Destinação de Animais Mortos desenvolvido pela Embrapa Suínos e Aves, disponibilizou um novo vídeo com os resultados de pesquisa sobre as tecnologias validadas no Laboratório TEC-DAM, instalado em Concórdia-SC.

No vídeo, os pesquisadores Rodrigo Nicoloso, Airton Kunz, Paulo Armando de Oliveira e Valdir Avila abordam questões como o pré-processamento das carcaças por trituração ou desidratação e o tratamento das carcaças por compostagem tradicional e acelerada, biodigestão e incineração. O vídeo foi produzido pelo Núcleo de Comunicação Organizacional da Unidade segue abaixo.

As orientações também estão em uma cartilha voltada a técnicos e produtores rurais sobre as tecnologias disponíveis para destinação de animais mortos nas granjas. No documento estão detalhadas todas as etapas dos processos, incluindo os procedimentos necessários para remoção dos animais mortos do local de criação, o armazenamento temporário das carcaças, o transporte até a unidade de tratamento e a destinação final do resíduo tratado.

Aves devem ser descartadas de forma correta

Frangos de granja mortos
Foto: Divulgação/ Sandra Minamoto

Aspectos importantes relativos à biosseguridade das granjas também foram abordados, incluindo a localização e as características das construções e dos veículos utilizados para o manejo das carcaças, assim como higiene e desinfecção de equipamentos.

A cartilha pode ser baixada gratuitamente no site especial do projeto TEC-DAM no portal da Embrapa, no endereço www.embrapa.br/suinos-e-aves/tec-dam.

Fonte Embrapa

PARTILHAR