Gado leiteiro: condição corporal é essencial na fertilidade

Gado leiteiro: condição corporal é essencial na fertilidade

PARTILHAR
Gado jovem Girolando meio sangue
Gado jovem Girolando meio sangue de muita qualidade da Fazenda Santa Helena, comanda pelo Alex Buffet, em Santo Antônio do Monte. / Foto: Berrante Comunicação

O escore de condição corporal é muito importante para indicar a fertilidade e o bem-estar da vaca ao longo de sua vida produtiva.

Uma pontuação de condição muito alta durante o período seco (e para as novilhas alguns meses antes do parto) pode causar problemas metabólicos. A pontuação da condição ideal deve estar entre 2,5 e 3,5 durante toda a lactação, sendo que apenas 1 ponto indica que a fêmea está muito magra e pontuação 5 significa que está muito gorda. A pontuação ideal para uma vaca em lactação é 3.

Veja na figura abaixo a Pontuação de Condição Corporal (PCC):

A pontuação da condição corporal de vacas em lactação
Figura: A pontuação da condição corporal de vacas em lactação / CRV Lagoa
Vetscore sendo usado em vaca leiteira
Vetscore sendo usado em vaca leiteira / Foto: Embrapa
Vetscore: A Embrapa desenvolveu um equipamento para medir o score das vacas, click aqui e veja.

Perda de condição após o parto

Todas as vacas perderão peso e condição corporal quando começarem a produzir leite após o parto. Durante o período seco a vaca pode armazenar reservas, mas, depois de parir, ela vai mobilizar essas reservas para sua produção de leite, que requer mais nutrientes do que ela ingere. Portanto, a vaca está perdendo condição, o que resulta em um balanço energético negativo. É essencial manter este balanço energético negativo no mínimo.

Perdas de fertilidade

Pesquisas mostram que as vacas que perdem mais de 1 ponto na pontuação de condição corporal terão seu primeiro cio 14 dias mais tarde do que as vacas que perdem apenas 0,5 ponto na pontuação de condição corporal. A taxa de concepção após a primeira inseminação para vacas que perdem 1 ponto ou mais de condição corporal é de apenas 17%, enquanto para as vacas que perdem somente 0,5 ponto a taxa de concepção é de cerca de 65%. As diferenças na taxa de prenhez após a primeira inseminação são enormes. As vacas com um balanço energético negativo mais elevado também mostrarão intervalos de cio irregulares.

Os efeitos da perda da condição corporal na fertilidade são:

Vacas com baixa perda de condição corporal

Limpeza do útero (11 – 14 dias), 1ª ovulação (28 – 30 dias). Esta vaca pode ser inseminada em 49-50 dias. A taxa de prenhez após a primeira inseminação será de cerca de 65%.

Vacas com alta perda de condição corporal:

Limpeza do útero (11-14 dias), 1ª ovulação muito mais tarde (42 – 50 dias), 1º cio entre 64 -70 dias. A taxa de prenhez após a primeira inseminação será de apenas 17%.

Ciclo estral de 20 – 21 dias é muito importante. Muitos criadores começam a inseminar as vacas se elas mostram cio. Mas é importante saber se a vaca tem um ciclo estral regular. Se este ciclo for de 20 a 21 dias podemos inseminá-la. Se este ciclo for irregular, não insemine. Muitas vezes as vacas de alta produção ainda não estão em equilíbrio. Os melhores critérios para inseminação são:

– A vaca precisa estar em equilíbrio com um score de condição corporal entre 2,8 a 3,0

– A vaca precisa mostrar um ciclo estral. Primeiro cio (ovulação) não significa um ciclo estral completo.

Veja alguns exemplos

Vacas com uma boa condição corporal
Vacas com uma boa condição corporal / Foto: CRV Lagoa
Esta vaca está muito gorda
Esta vaca está muito gorda / Foto: CRV Lagoa

Autor Fokko Tolsma via CRV Lagoa

 

PARTILHAR