Confira as profissões com maiores salários no agronegócio

Confira as profissões com maiores salários no agronegócio

PARTILHAR
Foto Divulgação. Fonte: Controlflex Group

Confira as profissões com melhores salários par ao agronegócio em 2019 e fique por dentro de como se profissionalizar para ganhar mais!

Começo de ano, além de todos os projetos, desejos e sonhos, é o momento ideal para buscar por um novo emprego ou, quem sabe, até uma mudança de área.

Com melhoras otimistas na economia, há uma oferta  maior por parte das empresas, que estão voltando a contratar. Algumas áreas são apontadas com boas perspectivas para 2019, com mais oportunidade e prosperidade.

Essa é a  projeção  da Catho  para seis áreas: tecnologia da informação, administração/RH, comercial/vendas e comunicação e marketing. O levantamento foi feito de acordo com a análise da base de dados da empresa e também por meio de pesquisas conduzidas com recrutadores sobre as áreas com mais contratações previstas para 2019.

Confira: 

Agricultor Urbano

Perfil: sem agrotóxicos ou transgênicos, o profissional dessa área cultiva alimentos orgânicos em espaços urbanos, tornando-se uma ótima alternativa para o abastecimento de alimentos nas cidades. Entre as formações desejadas para essa essa área estão cursos como agronomia, biologia ou até mesmo engenharia de alimentos, considerado um diferencial. Mais do que isso, a área pede o uso da prática e mão na massa. Ainda é necessário conhecimentos e domínio no uso de alguns recursos tecnológicos como drones, sistema de análise de clima, de automação, de padrões estatísticos e big data para a produção em espaços maiores

Média salarial: entre R$ 3 mil e R$ 5 mil

Gerente de fazenda

Perfil: Quem busca por profissões do agronegócio deve considerar a carreira de gerente de fazenda. Esse profissional cuida da gestão da propriedade e também comanda a equipe técnica no campo. Em geral, as empresas dão preferência para a contratação de engenheiros agrônomos com MBA.

Média salarial: entre R$ 10 mil a R$ 25 mil.

Agroecólogo

Perfil: O agronegócio no Brasil praticamente não sofreu com a crise econômica. O ramo representa cerca de 20% do PIB (Produto Interno Bruto). O setor apresentou um crescimento significativo nos últimos anos e continua em expansão. Por causa dessa realidade, novas carreiras estão vindo à tona, como é o caso da profissão de Agroecólogo.

O agroecólogo é um profissional que combina conhecimentos de sustentabilidade com agroindústria. Para se dar bem na trajetória profissional, ele precisa conhecer a fundo a indústria rural, gostar de se relacionar e buscar oportunidades longe dos grandes centros.

Média salarial: ultrapassa R$ 3 mil.

Designer de máquinas agrícolas 

Perfil: responsável por alinhar produtividade, consciência ambiental, social e econômica, o profissional da área de sustentabilidade de máquinas agrícolas atua buscando soluções que atendam esses padrões. Pensando na modernização e aumento da produtividade do setor, hoje existem alguns cursos de pós-graduação na área, nichado para algumas áreas específicas do Brasil, como as regiões do Norte e Nordeste do Rio Grande do Sul. Atualmente, o nível mínimo exigido para a área é o curso técnico de design. Além disso, vale frisar que para seguir carreira nessa área é necessário conhecer os aspectos de riscos ambientais e responsabilidade social.

Média salarial: entre R$ 3 mil e R$ 8 mil

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com