Confira uma sequência de vídeos da devastação no Sul

Confira uma sequência de vídeos da devastação no Sul

PARTILHAR
videos da destruicao no sul
Foto: Reprodução

Sobe para seis o número de mortes em Santa Catarina; mais 700 mil unidades estão sem energia; vídeos mostram a destruição causada pelo fenômeno

Durante a madrugada desta quarta-feira (1º), os ventos chegaram a 90 km/h no estado. Conforme o monitoramento da Celesc, 751,7 mil unidades consumidoras permaneciam sem luz por volta das 8h. Na terça-feira (30), a ventania causada pelo fenômeno e tempestades provocaram estragos em todas as regiões.

Não há uma “segunda onda” do ciclone atuando em Santa Catarina na manhã desta quarta-feira, 1. A nota que está circulando pelo whatsapp com essa informação citando Epagri é falsa, por isso é importante que a população não a replique.

Gilsânia Cruz, meteorologista da Epagri/Ciram, explica que o vento forte da madrugada e manhã da quarta-feira é associado à diferença de pressão entre o ciclone que está posicionado no litoral do Rio Grande do Sul e o avanço de uma massa de ar frio, que é uma alta pressão. Essa combinação gera ventos de 60 a 80Km no Litoral e Serra, podendo alcançar a velocidade de 100km ou pouco mais em alguns momentos, principalmente na Serra e Litoral Sul.

Assim, Gilsânia lembra que o alerta para ventos fortes está mantido nesta quarta-feira. Ela pede também atenção às condições de mar, que pode ficar de muito agitado a grosso, com risco de ressaca, conforme informa o Aviso de Mar emitido pela Epagri/Ciram.

Confira a sequência de vídeos abaixo

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com