Conheça a raça Duroc, o “Angus” da suinocultura

Conheça a raça Duroc, o “Angus” da suinocultura

PARTILHAR
suíno-duroc
Foto Divulgação

A raça é muito importante para o pecuarista que deseja obter uma produto de qualidade e com precocidade, aumentando o seu lucro!

A raça suína Duroc é americana, originária da parte Nordeste do país, tanto que antigamente se chamava de Duroc Jersey. O animal é proveniente de fêmeas e machos da cor vermelha, de Nova York. O primeiro registro da existência deste tipo de animal é de 1875.

Os “pais” do Duroc foram animais importados de Portugal e Espanha e também provenientes da raça “Red Berkshires” (nativos do condado de Berk, na Grã-Bretanha), todos os animais da cor vermelha.

Atualmente é a raça mais numerosa dos Estados Unidos. Aqui no Brasil, a primeira importação ocorreu em 1956, através da família gaúcha Migliavacca, e já foi considerada no passado como a raça estrangeira mais importante.

Gilberto da Silva, diretor técnico da Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (Acsurs), explica que o auge do Duroc começou com a chamada Guerra do Óleo de Soja na década de 50, isso porque até então a suinocultura se dedicava em grande parte a produção de banha, conhecida como ouro branco.

Entre a década de 60 e 70, com a concorrência do óleo vegetal, os suinocultores começaram a comercializar a carne e foi justamente aí que esta raça se destacou, uma vez que produz uma pequena camada de gordura e a carne não tem marmoreio, ou seja, não há gordura entremeada no músculo.

Hoje, o Duroc participa efetivamente de cruzamentos com outras raças mais aperfeiçoadas para carne magra. 

Ele é um animal ativo, vigoroso e manso quando bem manejado.  Por ser um animal resistente, apresenta menor necessidade de cuidados específicos.

Matrizes

As fêmas Duroc reproduzem em média nove leitões por ninhada e cerca de sete sobrevivem. É um animal precoce, atingindo o peso de abate entre 130 e 140 dias, com rendimento de carcaça entre 75% e 78% de carcaça.

Características da raça

Peso 

Aos seis meses o peso do animal oscila entre 70 e 90 quilos, podendo chegar à fase adulta com 270 quilos no caso dos machos e 225 quilos nas fêmeas. Os capados podem atingir 500 quilos, enquanto os reprodutores de exposição oscilam entre 300 e 350 quilos.

Pelagem 

Avermelhada, vermelho dourado (que apresenta mais tendência à produção de banha). Suas cerdas são lisas e o couro é grosso e macio.

Outras Características 

Cabeça média, pescoço curto, corpo grande, maciço e liso.

Aspectos mais importantes de sua produtividade

A produtividade da raça é bastante alta, com a qual sua popularidade está conectada. Em primeiro lugar, os Duroc são muito precoces. Em segundo lugar, eles têm alto ganho diário simplesmente irrealista – 750 a 950 gramas.

Duroc
Foto Divulgação

Assim, com a idade de seis meses, eles conseguem atingir um peso de 100 kg, com um grande teor de gordura nesse ganho.

Na idade adulta, o peso do atinge cerca de 330-370 kg. A porca pesa muito menos – apenas 240-320 kg.

Quando atingem o peso de abate, o valor médio de rendimento total obtido é cerca de 80%, mas apenas a carne – de 58 a 70%. Neste caso, a espessura da gordura é de apenas 17-18 milímetros.

No entanto, a própria carne tem muita gordura intermuscular, cuja quantidade em relação à quantidade total de carne é de 3,93%. Graças a esta característica a carne é rica em calorias, mas tem boa suculência e qualidades de sabor incomum. Tal estrutura de carne é rara e altamente valorizada.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com