Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Conheça as raças mais exóticas de galinhas

Algumas dessas raças mais exóticas, por exemplo, são apreciadas como animais de estimação ou aves ornamentais; conheça

A galinha, uma ave originária do sudeste asiático, inicialmente foi domesticada pelo ser humano para rinhas ou cerimônias. Somente a partir do século 4 a.C., passou a ser utilizada como fonte de alimento, desempenhando atualmente um papel fundamental na produção animal brasileira, tanto para carne quanto para ovos.

No entanto, dentro dessa espécie, existem diversas raças, cada uma com origens e características únicas, conferindo-lhes status de exotismo. Algumas dessas raças, por exemplo, são apreciadas como animais de estimação ou aves ornamentais. Aqui estão apresentadas seis raças exóticas de galinhas. Acompanhe!

Cara-de-palhaço

Cara-de-palhaço, uma raça de galinha ornamental de origem espanhola, remonta aos registros do século 16. Destaca-se por sua aparência singular, com plumagem preto-azulada e brilhante em todo o corpo, exceto pelo rosto, que é branco, assemelhando-se a uma maquiagem de palhaço. Conhecida como carablanca na Espanha, essa ave de médio porte possui pés alaranjados e uma crista vermelha em formato serrilhado, com peso variando entre 2 kg e 2,5 kg.

Conheça as raças mais exóticas de galinha
Foto: Divulgação

Malinas

Originária da Bélgica, mais precisamente da cidade de Malinas, situada na região de Flandres, a galinha Malinas tem seus primeiros registros datados do século 19. Apresentando plumagem branca ou pedrês (pontilhado preto e branco), pés alaranjados e crista vermelha serrilhada, esta é uma das galinhas de maior porte, com um peso que varia entre 3,7 kg e 5 kg. Embora seja considerada uma ave ornamental, sua carne é aclamada por seu sabor exquisito.

Conheça as raças mais exóticas de galinha
Foto: Divulgação

Onagadori

Esta é uma raça milenar proveniente do Japão, criada originalmente para habitar os pátios dos palácios imperiais. O termo japonês “Onagadori” traduz-se como “galinha de cauda longa”, refletindo sua característica marcante de possuir uma cauda que pode medir mais de 1,5 m, havendo registros de exemplares com impressionantes 12 m de comprimento. No Japão, reconhecem-se três colorações distintas: branca com peito preto, vermelha com peito preto e completamente branca. Possui uma única crista vermelha serrilhada, além de patas e lóbulos da orelha na cor branca.

Conheça as raças mais exóticas de galinha
Foto: Divulgação

Polonesa

Apesar de seu nome, a origem precisa da galinha Polonesa permanece incerta, embora os registros mais antigos apontem para os Países Baixos. O traço distintivo que atrai a atenção nessa raça é o topete de plumas na cabeça. Além disso, apresenta uma crista peculiar, vermelha e em formato de V, assemelhando-se a dois chifres, o que pode dificultar a visão. A variedade de cores inclui tonalidades como camurça, pedrez, vermelha com cauda preta, branca, entre outras. As patas costumam exibir tonalidades azuladas ou acinzentadas.

Foto: Divulgação

Appenzeller Spitzhauben

Originárias de Appenzell, na Suíça, existem duas raças que compartilham a denominação “Appenzeller Spitzhauben”: a própria Appenzeller Spitzhauben e a Appenzeller Barthuhn. A primeira é conhecida por sua natureza mais ornamental, caracterizada pelo topete de penas pontudo, fazendo alusão ao chapéu cerimonial típico da região. Além disso, apresenta uma crista vermelha em formato de V, semelhante à raça polonesa. A plumagem mais comum é prateada com pontos pretos, e suas patas são acinzentadas. Essas aves são de pequeno porte, não ultrapassando 1,5 kg.

Foto: Divulgação

Galinha Sedosa

Com origens na China, a Galinha Sedosa possui uma data de origem incerta, sendo mencionada pelo explorador italiano Marco Polo no século 13 durante suas viagens pela Ásia. A característica distintiva dessa raça é a penugem volumosa e macia, assemelhando-se a pelos, com cores variadas que podem cobrir até as patas. Por baixo da penugem, a pele é preta ou azulada. Apresentando crista e lóbulos da orelha azulados, essas aves exibem polidactilia, com cinco dedos em cada pé. De temperamento dócil, muitas vezes são criadas como animais de estimação.

Foto: Divulgação

Em suma, as raças mais exóticas de galinha não apenas são fascinantes, mas também podem proporcionar uma experiência enriquecedora para aqueles que optam por criá-las. Com suas características singulares, que abrangem desde cores vibrantes, formas peculiares, tamanhos distintos até personalidades cativantes, essas aves se destacam no universo da criação de aves.

Escrito por Compre Rural

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado pela estagiária Ana Gusmão sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM