PARTILHAR

Égua com o nome de Reckless foi o único equino a se tornar Sargento do exército norte americano, fato aconteceu na Guerra da Coreia

Conheçam a verdadeira história do cavalo de guerra. A pequena égua de 5 anos chama Reckless foi o único equino a se tornar Sargento do exército norte americano.

Durante a guerra da Coreia, que foi travada entre 25 de junho de 1950 a 27 de julho de 1953, opondo a Coreia do Sul e seus aliados, que incluíam os Estados Unidos e o Reino Unido,  Reckless fez parte da tropa norte americana e mostrou toda sua coragem. Ela foi treinada para transportar munições e armas, estava preparada para não se intimidar pelas explosões e na hora que precisava se esconder se abaixava para não ser vista e nem atingida por balas.

Sgt_reckless_in_pasture
Foto: Divulgação

Sargento Reckless ganhou uma estátua em sua homenagem que fica no National Museum of the Marine Corps. A guerreira também tem um livro contando sua história, escrito por Robin Hutton.

Vejam abaixo um vídeo que conta um pouco da história da pequena heroína Reckless. (narração em Inglês)

O livro Sgt. Reckless: America’s War Horse está a venda na Amazon.

Fatos curiosos do filme Cavalo de Guerra

A Segunda Guerra Mundial foi o último conflito a ver cavalos sendo empregados como implementos de guerra. Após a Primeira Guerra Mundial, os conflitos se tornaram totalmente mecanizados.

A maioria dos cavalos usados no filme veio da Inglaterra e da Espanha, embora o cavalo que interpretou Topthorn tenha vindo da Hungria e um dos cavalos que interpretou Joey tenha vindo dos EUA.

A maioria dos cavalos era andaluz, mas havia alguns warmbloods também. Finder, o cavalo americano, é um puro-sangue. Quatorze cavalos diferentes interpretaram Joey, o cavalo herói, já que a história passa em diferentes estágios da vida do cavalo: recém-nascido, potro, adolescente e adulto.

Top 10 filmes onde os cavalos são protagonistas

Via Hipismo&Co

-- conteúdo relacionado --

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.