Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Conheça uma das luxuosas fazendas da falecida Rainha Elizabeth II

A Rainha Elizabeth II, não apenas personificou a realeza, mas também demonstrou uma profunda afinidade pelo meio rural. Entre as grandiosas fazendas reais, destaca-se um refúgio especial que reflete essa conexão singular – Sandringham House; conheça agora a fazenda da rainha

A Rainha Elizabeth II, uma figura de destaque na história britânica, não apenas personificou a realeza, mas também demonstrou uma profunda afinidade pelo meio rural. Entre as grandiosas fazendas reais, destaca-se um refúgio especial que reflete essa conexão singular – Sandringham House. Neste artigo, embarcaremos em uma jornada pela rica história desta casa de campo localizada em Sandringham, Norfolk, no Reino Unido, revelando as intrínsecas relações da rainha com esse lugar único que ao longo dos anos se tornou um testemunho de sua ligação com a vida no campo.

Quem foi a Rainha Elizabeth II?

A Rainha Elizabeth II, nascida em 21 de abril de 1926, foi a monarca do Reino Unido e de diversos outros países da Commonwealth por mais de sete décadas. Coroada em 1952, ela desempenhou um papel crucial na história contemporânea, testemunhando e influenciando mudanças significativas no mundo. Sua dedicação ao serviço público, a capacidade de adaptação às transformações sociais e o papel simbólico que desempenhou ao longo dos anos contribuíram para consolidar sua posição como uma das figuras mais respeitadas na esfera global.

Em 8 de setembro de 2022, Elizabeth II faleceu, marcando o término de um reinado notável. Sua partida gerou uma onda de luto e reflexão global, destacando não apenas seu papel como líder monárquica, mas também como um símbolo de continuidade e estabilidade em meio às transformações do século XX e XXI. Seu legado perdura não apenas nas páginas da história britânica, mas também como um ícone de resistência e tradição em um mundo em constante evolução.

Ligação com o meio rural

A Rainha Elizabeth II, para além de seu papel monárquico, estabeleceu uma marcante presença no meio rural, desempenhando o papel de fazendeira dedicada. Sua ligação com a vida no campo transcendia o simbolismo, sendo evidenciada por suas atividades práticas. Participando ativamente de provas a cavalo, ela não apenas exibiu sua habilidade e paixão pelo mundo equestre, mas também resgatou a raça Cleveland Bay da beira da extinção.

Foto: Max Mumby/Indigo/Getty Images

Na década de 1960, quando a raça estava à beira da extinção, a rainha tomou a decisão de investir na reprodução e preservação dos cavalos Cleveland Bay. Seu empenho resultou em um aumento significativo na população desses equinos, beneficiando criadores e garantindo a sobrevivência dessa linhagem única. Atualmente, com aproximadamente mil exemplares no mundo, os equinos devem muito de sua preservação à visão e dedicação da rainha.

A fazenda em Sandringham era um testemunho dessa paixão pela vida no campo, abrigando também um rebanho leiteiro impressionante composto exclusivamente por vacas da raça Jersey. Essas vacas leiteiras eram não apenas uma parte vital da propriedade, mas também representavam o compromisso da rainha com a autossuficiência e sustentabilidade. Cada uma dessas fêmeas, com sua produção de leite de alta qualidade, tornou-se uma contribuição tangível para a subsistência do local.

Sobre a Sandringham House

A propriedade rural de Sandringham House transcende a mera residência real, tornando-se um marco da vida campestre britânica. Localizada na serena paróquia de Sandringham, Norfolk, Reino Unido, a história dessa propriedade remonta ao tempo elisabetano, quando a mansão substancial foi erguida no local.

Foto: Internet

Ao longo dos anos, Sandringham passou por transformações significativas, refletindo não apenas a evolução arquitetônica, mas também as mudanças nos gostos e estilos da realeza. A casa foi praticamente reconstruída entre 1870 e 1900, adotando um estilo descrito como “jacobino frenético”. Esse período de renovação, impulsionado pelo Príncipe de Gales, mais tarde Eduardo VII, não apenas elevou a grandiosidade da propriedade, mas também a tornou um local de destaque na Inglaterra.

A propriedade, estendendo-se por oito mil hectares de terra, tornou-se um refúgio querido para vários membros da família real ao longo das décadas. A tradição de passar o inverno em Sandringham continuou com a Rainha Elizabeth II, que, após herdar a propriedade de seu pai, tornou-a parte integrante de seu calendário real. Além disso, a decisão de abrir Sandringham à visitação pública em 1977 durante seu Jubileu de Prata demonstrou o compromisso da monarca em compartilhar esse tesouro histórico e cultural com o público em geral.

Foto: Divulgação

Conclusão

Sandringham House emerge não apenas como uma residência real, mas como um testemunho vivo da conexão profunda que a Rainha Elizabeth II manteve com o meio rural britânico. Esta propriedade, carregada de história desde os tempos elisabetanos, carrega um legado marcante que merece ser lembrado. A decisão de abrir as portas de Sandringham ao público durante o Jubileu de Prata de Elizabeth II em 1977 ilustra não apenas a importância histórica dessa casa de campo, mas também a generosidade da monarca em compartilhar seu patrimônio com o mundo.

Foto: Divulgação

Ao longo dos anos, Sandringham tornou-se um refúgio amado pela família real, preservando tradições, refletindo mudanças arquitetônicas e servindo como um farol da vida rural britânica. A decisão de manter e revitalizar essa propriedade destaca a dedicação de Elizabeth à preservação não apenas da realeza, mas também do patrimônio cultural e histórico do Reino Unido. Assim, Sandringham permanece como uma joia singular no tesouro da monarquia britânica, reverberando com a história e o compromisso inabalável da rainha com o meio rural ao longo de décadas.

Escrito por Compre Rural.

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado pela estagiária Juliana Freire sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM