Consórcio milho-braquiária é top produtividade

Consórcio milho-braquiária é top produtividade

PARTILHAR
Consórcio milho-braquiária beneficia o solo e o agricultor
Foto: Embrapa

Consórcio milho-braquiária beneficia o solo e o agricultor; outra vantagem do cultivo consorciado, são os gastos menores também com fertilizantes químicos

A agricultura moderna passa por um processo de intensa maximização de uso do solo, de insumos e de conhecimentos tecnológicos, visando ao aumento de rentabilidade e, consequentemente, de competitividade, em bases sustentáveis. Nesse contexto, a diversificação e a integração de atividades na propriedade rural passam a ter uma importância fundamental para a estabilidade do negócio agrícola.

A produção consorciada é uma alternativa para reforma ou implantação de novas pastagens. As raízes profundas e intensas da braquiária favorecem a absorção e retenção de água no solo por um maior período de tempo, o que é extremamente positivo para a cultura consorciada. Outra vantagem desse tipo de lavoura é que o plantio consorciado de milho com braquiária viabiliza a fixação de carbono no solo, reduzindo a emissão de Co2 e contribuindo com a redução do efeito estufa.

Favorece também o menor desenvolvimento de plantas daninhas reduzindo a aplicação de agroquímicos na lavoura, além disso a utilização do consórcio proporciona cobertura do solo na entressafra com consequente supressão das ervas daninhas.

Outra vantagem do cultivo consorciado, são os gastos menores também com fertilizantes químicos, pois a adubação é realizada apenas nas linhas de milho, e a palha é uma importante fonte de matéria orgânica para o solo.

“Os benefícios continuam mesmo após a colheita do milho. Visto que a braquiária possui um crescimento inicial rápido, proporciona excelente cobertura do solo e é de fácil dessecação para implantação da lavoura da soja em sucessão, essa pastagem além de proteger o solo serve para pastejo por animais no período de estiagem”, explica o analista da Embrapa Agropecuária Oeste, Gessi Ceccon.

Confira esse material sobre Consórcio capim-braquiária e milho

Consórcio milho e braquiária: formas de implantação, condução e estratégias de manejo

O consórcio pode ser implantado em duas safras (verão ou das águas e safrinha ou de outono-inverno). Contudo, o consórcio realizado na safra de verão tem maior disponibilidade de água e proporciona maior crescimento das plantas. Durante o verão é utilizado maior área da propriedade para lavoura. Isso possibilita utilizar mais área para formação de pastagem e maior quantidade de pasto ofertado aos animais após a colheita do milho, quando comparada com o consórcio implantado na safrinha.

Material Consórcio Milho-Braquiária da Embrapa para download.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com