Coreia do Sul dá passo para importar carne suína de Santa Catarina

Coreia do Sul dá passo para importar carne suína de Santa Catarina

Foto: Cidasc Xanxerê/Arquivo

Graças aos contatos frequentes do embaixador do Brasil na Coreia, Luiz Fernando Serra, que acompanhou a visita no ano passado, o Ministério da Agricultura, Alimentos e Assuntos Rurais informou que abriu consulta pública da minuta de requisitos sanitários negociados com o Brasil para a abertura do mercado coreano à carne suína de Santa Catarina. Caso não tenha nenhum obstáculo, os requisitos serão promulgados oficialmente na Coreia, finalizando assim a sétima das oito etapas do processo de abertura.

O governador Raimundo Colombo comemorou a medida sul-coreana e lembrou que a oitava etapa prevê as inspeções “in loco” dos frigoríficos pelos técnicos da Agência de Quarentena Animal e de Plantas (QIA) para a habilitação das empresas para exportarem para a Coreia do Sul. “Estamos vibrando porque definitivamente a Coreia do Sul agora autorizou a missão de reconhecimento para SC poder exportar a carne suína para o país, que é um dos maiores importadores do mundo”, afirmou. “Os nossos frigoríficos estão habilitados para atender os sul-coreanos porque já exportam carne suína para o Japão e outros mercados”, completou.

Colombo lembrou que a venda de carne suína para a Coreia possibilitará que Santa Catarina mantenha os excelentes indicadores de empregos, como o resultado de janeiro deste ano com a abertura de mais de dez mil vagas, o maior número do Brasil em termos absolutos.

A missão sul-coreana, integrada por funcionários da QIA e do Ministério da Agricultura, Alimentos e Assuntos Rurais, da Korea Pork (a associação sul-coreana de produtores de carne suína) e jornalistas, está prevista para ocorrer entre os dias 31 de março e 3 de abril.

O secretário Executivo de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond Vieira, elogiou o trabalho de cobrança realizado pelo embaixador Luiz Fernando Serra junto ao governo da Coreia e destacou que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento já foi informado das decisões sul-coreanas. “O trabalho do embaixador Serra foi fundamental para vencermos mais essa etapa”, destacou Carlos Adauto.

Fonte: Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca de SC