PARTILHAR

Crescimento vegetativo da planta: bons cuidados nessa fase do cultivo são determinantes para o resultado final da produção.

O estádio vegetativo da planta é uma das fases mais importantes do cultivo porque é neste período que a planta se desenvolve e cria a estrutura necessária para produzir energia necessária e suportar o peso de sua produção, dando sustentação para a próxima e decisiva fase de produção:  a fase reprodutiva. Mas, para chegar até a etapa do florescimento, é imprescindível que a planta crie uma raiz sólida e forte, para absorver todos os nutrientes essenciais que contribuem para o seu crescimento. “Nessa fase ocorre o desenvolvimento da planta, onde os focos são a arquitetura e o enraizamento. A planta precisa absorver quantidade necessária de água e nutrientes para auxiliar o seu desenvolvimento. Dessa forma, com um bom enraizamento e uma arquitetura adequada, consegue realizar uma fotossíntese de qualidade, emitindo assim uma boa florada e muitos frutos ou grãos de qualidade na sequência”, explica Lucas Rona, Gerente de Desenvolvimento de Negócios Pronutiva LatAm da Arysta LifeScience.

Lucas Rona
Lucas Rona, Gerente de Desenvolvimento de Negócios Pronutiva LatAm da Arysta LifeScience.

O estádio vegetativo da planta varia de acordo com cada cultura. No caso do milho, por exemplo, todas as folhas e espigas que a planta eventualmente irá produzir estão sendo formadas no V3. Também no estádio vegetativo, o número de fileiras de grãos é definido. Pode-se dizer, portanto, que o estabelecimento do número máximo de grãos, ou a definição da produção potencial, estão sendo definidos nesse estádio. Mas é justamente nesta fase que a lavoura fica mais suscetível ao ataque de pragas e doenças, e alguns cuidados são essenciais para não prejudicar a produção. “É um período crítico do cultivo, pois o sistema radicular está em pleno desenvolvimento, mostrando considerável porcentagem de pelos absorventes e ramificações diferenciadas e, no início,  ainda não se tem controle de plantas daninhas por sombreamento dependendo da cultura. O controle de plantas daninhas nessa fase é fundamental para reduzir a competição por luz, água e nutrientes pois isso traria consequente redução na produtividade. O correto manejo de ervas daninhas, com maior atenção para as ervas resistentes, é indispensável para que a planta consiga ter bom enraizamento, engalhamento e perfilhamento. É preciso tomar os devidos cuidados para que a raiz seja capaz de se desenvolver e a planta gerar bons frutos e grãos na fase reprodutiva”, destaca Rona.

O especialista da Arysta explica que se os agricultores não se atentarem para esta determinante fase das culturas terão perda de produtividade e muito mais dificuldade para controlar as plantas daninhas numa fase posterior. Isso poderá comprometer o resultado final da colheita. “A planta é incapaz de suportar um período mais quente sem chuva, se a raiz não estiver bem desenvolvida e preparada para sofrer os estresses bióticos e abióticos. Se a arquitetura da planta não estiver bem estruturada, ela terá menor absorção de água e nutrientes e, consequentemente, menor produção”.

Auxiliar os agricultores a produzir de maneira mais sustentável e segura é o objetivo principal do programa Pronutiva, da Arysta LifeScience. “Nossa proposta é cuidar de todo o ciclo de cultivo de forma integrada, com soluções que contribuam para a melhor saúde vegetal das plantas, além de ajudar os agricultores a explorar o potencial máximo de seu cultivo, para que eles obtenham altos níveis de produtividade”, informa Lucas Rona.

Sobre o Programa Pronutiva®

Com o objetivo de contribuir com o aumento da produtividade e qualidade das lavouras brasileiras, a Arysta LifeScience dissemina informações sobre as principais fases do desenvolvimento vegetativo. Para auxiliar o agricultor nessa fase de desenvolvimento da planta, a empresa destaca soluções ideais com os fisioativadores Foltron®, Raizal® e Biozyme® e o fertilizante organomineral K-tionic®, que atuam na estimulação do potencial produtivo das plantas a fim de maximizar a produção, diminuir os estresses bióticos e abióticos e ajudar na disponibilização dos nutrientes. Destaque, também, à Linha Poliquel®, indicada para os principais cultivos. Trata-se de uma linha de produtos nutricionais para aplicação foliar com recomendações customizadas ao longo do ciclo, com Zinco, Boro, Cobre, Manganês, Max, Nicomo e Cálcio.

A Arysta tem portfólios biológicos e químicos bem integrados para fornecer soluções completas aos agricultores, incluindo tradicionais produtos de proteção de cultivos, como Fungicidas, Herbicidas, Inseticidas e Acaricidas, e os inovadores produtos de Biossoluções: Fisioativadores compostos por bioativos que harmonizam atividades fisiológicas; Defensivos Biológicos para controle biológico e natural de patógenos e pragas e substâncias nutritivas inovadoras que atuam positivamente no vigor das plantas. Essas tecnologias quando trabalhadas de forma associada dentro de um programa de Pronutiva® trazem diversos benefícios.

 

-- conteúdo relacionado --

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.