Custos de produção do leite estão 10,5% maiores que em 2017

Custos de produção do leite estão 10,5% maiores que em 2017

PARTILHAR
(Foto: Marcelo Curia/Ed. Globo)

Os custos de produção da atividade leiteira caíram pelo segundo mês consecutivo.

Segundo o Índice Scot Consultoria de Custo de Produção o recuo foi de 0,8% em julho, em relação a junho deste ano.

A queda nos preços dos alimentos concentrados e dos combustíveis puxaram o indicador para baixo.

No caso do milho, por exemplo, os preços retomaram a firmeza na segunda metade de julho, porém, na média, as cotações estão abaixo do registrado em junho.

Já as cotações do farelo de soja se mostraram mais frouxas na segunda metade de julho, acompanhando as quedas do dólar.

Em relação a igual período do ano passado, os custos da atividade estão 10,5% maiores.

Com o ligeiro recuo nos custos de produção e aumento no preço do leite pago ao produtor nos últimos meses as margens da atividade melhoraram.

Para o curto prazo, a expectativa é de preços mais firmes para os alimentos concentrados, com a entressafra nos Estados Unidos e boa demanda interna e para exportação. Atenção também ao câmbio.

Fonte: Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com