Custos de produção subiram em março puxados pelos alimentos concentrados

Custos de produção subiram em março puxados pelos alimentos concentrados

PARTILHAR
ubere-vaca
Foto: Reprodução da Internet

O Índice Scot Consultoria de Custo de Produção da Pecuária Leiteira teve alta de 2,7% em março em relação a fevereiro. Esta intensidade de alta não era registrada desde meados de 2016.

As altas de preços dos alimentos concentrados na primeira quinzena de março, com destaque para o milho e o farelo de soja, além dos suplementos minerais, fertilizantes e produtos para sanidade foram as causas desta variação.

Em relação a igual período do ano passado, os custos da atividade estão 2,7% menores este ano. Está diferença na comparação anual vem diminuindo.

Apesar do aumento nos custos, a alta no preço do leite ao produtor foi maior em março, com isso, a margem da atividade melhorou 0,6 ponto percentual, na comparação mensal.

Figura 1. Preço do leite ao produtor versus custos de produção da pecuária leiteira, base 100= janeiro de 2016.

Fonte: Scot Consultoria – www.scotconsultoria.com.br

Para o curto prazo, o avanço da colheita de milho e o aumento do esmagamento da soja deverão aumentar a disponibilidade destes insumos, o que poderá aliviar os custos do produtor. Vai depender do clima.

Fonte: Scot Consultoria

-- conteúdo relacionado --
Scot: Por onde começar a Integração Lavoura Pecuár... Muitos agropecuaristas querem iniciar a implantação da Integração Lavoura Pecuária (ILP) e quando se deparam com tantas opções disponíveis de arranjos...
Milho: Imea alerta produtores para incertezas de p... No mês de jan/18 as vendas do milho na safra 2016/17 no Estado avançaram 2,7 pontos percentuais, atingindo 97,64% do total da produção estimada. Com ...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com