Produtor rural de Rondônia constrói curral ecológico

Produtor rural de Rondônia constrói curral ecológico

Um produtor rural do município de Colorado d’Oeste que fica há 600km da capital Porto Velho resolveu inovar e apostar na economia ecologicamente correta para construir um curral em sua propriedade. Foram necessários apenas 107 pneus velhos de carreta e 20 dias de trabalho para alcançar o resultado satisfatório e a economia de aproximadamente R$ 8 mil.

“Eu sinto muito feliz com o resultado final”, foi assim que definiu o produtor Agnaldo Souza referindo a sua obra de arte. Ele é proprietário de um sítio às margens da BR-364, especificamente no km 13, entre as cidades de Colorado do Oeste e Vilhena, no sul do Estado de Rondônia. O primeiro na região a construir um curral com borrachas de pneus velhos.

Agnaldo disse que a ideia surgiu após assistir uma reportagem veiculada no programa “Globo Rural” da Rede Globo. Entusiasmado, o produtor passou a contar com a ajuda de outra pessoa e assim colocar aquele projeto em prática.

A exemplo de um produtor rural de Minas Gerais que já noticiamos aqui:

Produtor rural constrói curral com pneus usados que suporta até 50 animais

Os pneus velhos foram adquiridos na cidade de Vilhena, e o gasto foi de aproximadamente R$ 700. Alguns, segundo Agnaldo, foram doados por borracharias, que desafogaram o estoque de pneus sem utilidade nas empresas.

Com a finalização da obra, o produtor conta que teve uma economia de aproximadamente R$ 8 mil, devido o alto valor da madeira. O gasto na obra foi de R$ 11 mil em 80m² de área construída. Se fosse construído tudo em madeira, como costumeiramente é feito, Agnaldo estima de teria gastado em torno de R$ 18 a 20 mil.

Sobre o investimento, Agnaldo afirma categoricamente que fez a escolha certa, além de ajudar a reduzir a poluição com o descarte dos pneus e o desmatamento. O curral sustentável construído pelo produtor coloradense tem capacidade aproximada para 60 vacas.

curral de pneus 3

curral de pneus 1

Texto e fotos: Extra de Rondônia

2 COMENTÁRIOS