Desenvolvimento de soja e milho verão segue atrasado

Desenvolvimento de soja e milho verão segue atrasado

PARTILHAR
Foto Divulgação.

O desenvolvimento das lavouras de soja e milho verão no Paraná segue atrasado em relação ao desempenho da safra de 2016/17.

O relatório do Departamento de Economia Rural (Deral) divulgado nesta quinta-feira, 25, mostra que até segunda-feira, 22, apenas 8% das lavouras de milho estavam em fase de maturação, 20 pontos porcentuais abaixo dos 28% registrados em igual período da temporada anterior. Nos últimos sete dias, houve avanço de 2 pontos porcentuais.

A soja atingiu 6% de maturação, 22 pontos porcentuais abaixo dos 28% obtidos em igual período de 2017. Na variação semanal, a maturação da oleaginosa aumentou 4 pontos porcentuais.

As condições de desenvolvimento estão boas para 85% do milho e 85% da soja, quedas respectivas de 1 e 2 pontos porcentuais em relação à semana anterior. No ano passado, 94% do milho e 97% da soja paranaenses tinham boas condições de desenvolvimento.

O Deral informou, ainda, que 61% do feijão primeira safra está colhido, crescimento de 20 pontos porcentuais em relação à última semana.

Do produto no campo, 31% se desenvolvem bem, queda de 21 pontos porcentuais em relação ao último apontamento. No dia 23 de janeiro do ano passado, a colheita do feijão estava superior, em 74% da área, e as condições eram boas para 80% das lavouras.

As Informações são do Estadão Conteúdo.

-- conteúdo relacionado --
Mercado do milho: Preços recuam na maioria das reg... As cotações do milho estão em queda na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea. Indústrias têm ofertado valores menores, alegando ter estoques co...
Estado do MS tem 95% da soja já semeada O plantio de soja da safra 2017/2018 no estado já chegou a 95,1% da área acompanhada pelo projeto Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agroneg...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com