Disponibilidade da carne de frango aumenta 5% no país

PARTILHAR
Foto: Divulgação

A maior parte desse aumento foi registrada no primeiro semestre do ano, período em que a disponibilidade do produto inspecionado aumentou 9,37%

Considerada apenas a produção inspecionada (federal, estadual ou municipal), a disponibilidade interna de carne de frango de 2021 aumentou 5%, ultrapassando pela primeira vez a marca dos 10 milhões de toneladas.

A maior parte desse aumento foi registrada no primeiro semestre do ano, período em que a disponibilidade do produto inspecionado aumentou 9,37%.

Já no segundo semestre, com a desaceleração da produção (devido aos custos elevados) e ao aumento das exportações (incremento anual de 10,73%, contra 5,91% no primeiro semestre), a disponibilidade interna aumentou menos de 1% em relação a idêntico período de 2020.

É interessante observar que – ocorrência rara no setor – a disponibilidade interna na segunda metade do ano foi menor que a dos primeiros seis meses de 2021. No caso, a menor oferta concentrou-se no quadrimestre julho/outubro, período em que a disponibilidade foi 2,5% inferior à dos quatro meses imediatamente anteriores. Isso, sem dúvida, ajuda a explicar porquê o frango (abatido ou vivo) alcançou, nesse quadrimestre, recordes de preço históricos.

Fonte: AviSite

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com