Ele é o bilionário “dono” do fertilizante brasileiro, veja!

PARTILHAR

Conglomerado “EuroChem Group”, uma das maiores produtoras de fertilizantes do mundo, era comandada pelo bilionário Andrey Melnichenko, confira quem é ele!

Desde que o presidente russo Vladimir Putin iniciou a invasão militar na Ucrânia, em meados de fevereiro, a crise mundial dos fertilizantes se intensificou, trazendo para o foco o nome das grandes empresas mundiais do setor. Vamos falar do Conglomerado “EuroChem Group”, uma das maiores produtoras de fertilizantes do mundo, era comandada pelo bilionário Andrey Melnichenko, que é também a dona de grandes empresas brasileiras.

A produção de fertilizantes na Rússia possui empresas entre as maiores produtoras de fertilizantes mundiais, como a PhosAgro, Uralkali, Acron e a EuroChem (apesar de ter sua base na Suíça, possui um número expressivo de minas e indústrias na Rússia).

Andrey Melnichenko é um dos fundadores do MDM, além de ser o principal acionistas da EuroChem Group, empresa de fertilizante, e do SUEK, grupo voltado para produção de energia proveniente do carvão. Nas duas empresas, ele também ocupa o posto de presidente do comitê de estratégia.

Conhecido como um dos “oligarcas” do mundo, o russo Andrey Melnichenko, era o responsável por comandar a mega produtora de fertilizantes do mundo, a EuroChem. Em 2021, a revista Forbes o classificou como o oitavo homem mais rico da Rússia. A fortuna de Melnichenko é avaliada em cerca de US$ 18 bilhões, o equivalente a R$ 90 bilhões.

Parte da riqueza do magnata russo vem de seus empreendimentos pelo mundo. O principal deles é o conglomerado de fertilizantes e adubos “EuroChem Group”, que possui diversos negócios pelo mundo e no Brasil. O conglomerado fornece adubos e fertilizantes para a produção agropecuária. No último dia 10 de março, ele renunciou ao cargo de diretor e principal beneficiário da empresa.

A decisão foi tomada, segundo informou a assessoria da empresa, para não prejudicar os negócios do grupo. “A EuroChem Group, uma líder global na produção de fertilizantes, anuncia que Andrey Melnichenko renunciou da sua posição como diretor não-executivo do quadro de diretores e se retirou como principal beneficiário”, diz a nota.

Andrey Melnichenko

O texto ainda cita a inclusão do nome Melnichenko na lista de sanções da União Europeia e que a medida “foi tomada para assegurar que a EuroChem seja capaz de continuar fornecendo nutrientes para a agricultura a milhões de pessoas ao redor do mundo ajudando a garantir segurança alimentar global”, afirma a nota da empresa.

Andrey Melnichenko

Plantas da EuroChem no Brasil

Entre as atividades da Eurochem no Brasil está uma das fábricas da Fertilizantes Tocantins, localizada em Araguari. O empreendimento foi implementado em 2019. A fábrica tem capacidade de até 6 mil toneladas por dia. O investimento no projeto atingiu R$ 91 milhões, de acordo com a empresa, 

A fábrica de Araguari está construída num terreno de 158 mil metros quadrados, com área de fábrica de 27 mil metros quadrados. A capacidade de armazenagem estática é de 100 mil toneladas. 

Anunciamos aqui no Portal, com grande exclusividade, que a EuroChem Group AG, havia anunciado que concluiu a compra do controle acionário da distribuidora brasileira Fertilizantes Heringer SA, com 51,48% das ações, fortalecendo ainda mais sua capacidade de produção e distribuição em um dos mercados de nutrientes agrícolas mais importantes do mundo, o Brasil.

Andrey Melnichenko
A EuroChem possui o comando da Heringer

O grupo, atualmente, tem sede em Goiânia (Goiás) e tem outras oito unidades de fabricação de fertilizantes, nos municípios de Porto Nacional (TO), São Luís (MA), Querência (MT), Sinop (MT), Rondonópolis (MT), Catalão (GO), Barcarena (PA) e em Luis Eduardo Magalhães (BA). A empresa produz fertilizantes utilizados na produção agrícola, contendo elementos nas misturas como nitrogênio, fósforo e potássio.

A Yara anunciou que seu desinvestimento do projeto de mineração de fosfato Salitre no Brasil para a EuroChem foi concluído com sucesso e recebeu o total de US$ 452 milhões.

A Serra do Salitre é um projeto de fosfato integrado a montante em estágio avançado em Minas Gerais, sudeste do Brasil. Compreende uma mina de fosfato a céu aberto com mais de 350 milhões de t de reservas e uma planta de fabricação de 1 milhão de tpa para produtos MAP/NP e SSP/TSP que deve entrar em operação em 2023.

Andrey Melnichenko
Empresa comandada pela EuroChem

De acordo com o site do grupo, a “A EuroChem iniciou a produção de potássio em sua mina Usolskiy no início de 2018, e continua a desenvolver uma segunda operação em VolgaKaliy, na Rússia. Tornou-se uma das três únicas empresas no mundo com capacidade de produção nos três principais grupos minerais (NPK) e o único que possui a própria rede de logística e de distribuição”, destaca o texto institucional.

Sobre a EuroChem

A EuroChem é uma das líderes globais em produção de fertilizantes e uma das três empresas do mundo com capacidade de fabricação dos três grupos de nutrientes primários: nitrogênio, fosfatos e potássio. Verticalmente integrada, a EuroChem está expandindo sua capacidade de produção e distribuição nas principais regiões do mundo.

Andrey Melnichenko
Foto Divulgação

O crescimento da empresa é impulsionado principalmente pelo ramp-up de dois projetos de potássio em grande escala e pelas novas instalações de amônia e ureia de última geração, e sustentado pela eficiência operacional em toda sua cadeia de valor.

O Grupo possui importantes unidades de produção na Rússia, Bélgica, Cazaquistão e Lituânia, empregando mais de 27.000 pessoas em 40 países e com a comercialização de seus produtos em mais de 100 países. Na América do Sul, a EuroChem está presente no Brasil e na Argentina. No último ano, a empresa entregou cerca de 6 milhões de toneladas de fertilizantes ao mercado brasileiro.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com