Embrapa e Bayer pesquisarão resistência de plantas daninhas

Embrapa e Bayer pesquisarão resistência de plantas daninhas

PARTILHAR
Foto Divulgação. Fonte: José de Araújo/Embrapa

Cerca de 15% da produção mundial de grãos é perdida devido à existência de plantas daninhas nas lavouras

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Bayer começarão a estudar a resistência de plantas daninhas em clima tropical e propor estratégias de manejo para reduzir perdas em lavouras de algodão, milho, soja e trigo. Em nota, a Bayer diz que a iniciativa integra parceria de cinco anos com a Embrapa, que começou em 2014.

De acordo com a companhia alemã, o estudo sobre plantas daninhas resistentes em ambiente tropical e considerando os sistemas de cultivo na região é inédito. “Em estudos anteriores não foram avaliadas as características dos sistemas de produção no Brasil”, disse.

Cerca de 15% da produção mundial de grãos é perdida devido à existência de plantas daninhas nas lavouras, destaca a Bayer. Estão registradas no mundo 252 espécies de ervas daninhas resistentes a herbicidas – no Brasil, pesquisas indicam 44 espécies, cerca de 20% do total, de acordo com a Embrapa.

Leia mais em:

Dentro da pesquisa, 12 pesquisadores da Embrapa Milho e Sorgo, junto com especialistas da Bayer, farão ensaios no Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás.

POR ESTADÃO CONTEÚDO

-- conteúdo relacionado --
Agroflorestas ajudam a melhorar microclima da prop... Sistemas Agroflorestais Biodiversos, conhecidos como SAFs, proporcionam diferentes benefícios e contribuem com o melhor controle de temperatura, da um...
Consórcio milho e capim-massai gera silagem barata... Experimento realizado por pesquisadores da Embrapa Caprinos e Ovinos (CE) concluiu que o plantio consorciado de milho e capim-massai é uma opção econo...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com