Emdagro inicia inquérito de sanidade avícola em granjas de Sergipe

Ao todo serão coletadas 500 amostras de galinhas de postura e frangos de corte, no intuito de prevenir contra a gripe aviária e a doença de Newcastle.

A Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) iniciou o inquérito da influenza aviária e da doença Newcastle, na avicultura do estado. As coletas iniciaram no último dia 12 e seguem até o final do mês, com o objetivo de mostrar que no estado de Sergipe não existe circulação do vírus destas doenças no plantel avícola. A ação faz parte do Plano de Vigilância do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e está sendo realizada em todos os estados brasileiros.

O inquérito consiste na coleta de amostras de material das aves (sangue, suabes de traqueia e cloaca de cada ave), sendo 500 amostras de galinha de postura e frango de corte, nos municípios de São Cristóvão, Salgado, Neópolis, Nossa Senhora de Lourdes, Estância, Itaporanga, Lagarto, Capela, Nossa Senhora das Dores e Aquidabã. “O material coletado será enviado para análise no Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro), em São Paulo”, disse a diretora de Defesa Animal e Vegetal da Emdagro, Aparecida Andrade.

A diretora explicou, ainda, que no Brasil nunca foi registrada ocorrência da influenza aviária, e que Sergipe é reconhecido como zona livre da doença de Newcastle. “No dia 15 de dezembro de 2022, o Mapa decretou estado de alerta, por tempo indeterminado, para influenza aviária, objetivando intensificar as ações de defesa destinadas a prevenir a entrada da gripe aviária no país, uma vez que a doença é considerada uma ameaça permanente no mundo.

Por ser livre da gripe aviária, o Brasil precisa redobrar seus esforços para proteger a sanidade de seus planteis de aves, já que nunca houve registro da doença no país”, frisou Aparecida.

Serão coletadas ao todo 500 amostras de galinhas de postura e frangos de corte – Fotos: Arquivo/ Emdagro

Influenza aviária

A influenza aviária é uma doença sistêmica que pode ser altamente letal para aves domésticas. Desde o século XIX, a doença foi conhecida com diferentes denominações, porém desde 1981 a terminologia influenza aviária de alta patogenicidade foi adotada para designar a forma mais virulenta da enfermidade. Formas menos severas de influenza aviária foram identificadas desde 1950 e receberam a classificação de baixa ou mediana patogenicidade.

Perdas econômicas devido à ocorrência de influenza aviária variam a depender da cepa do vírus, da espécie de aves infectada, do número de estabelecimentos atingidos, dos métodos de controle utilizados e da velocidade da implementação de ações de controle e erradicação. Essas perdas estão relacionadas às ações de sacrifício e destruição de aves.

Doença de Newcastle

A Newcastle (DNC) é uma doença viral, aguda, altamente contagiosa que acomete aves comerciais e outras espécies aviárias, com sinais respiratórios (tosse, espirro), frequentemente seguidos por manifestações nervosas e por diarreia e edema da cabeça.

Fonte: Avisite

🚀 Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? ✅ 👉🏽 Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). 🚜🌱 Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM