Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Empresa de RR aposta em sêmen de Brangus para avanço genético do gado de corte

“O Brangus é fundamental para dar peso nos gados Nelore e aqui [Roraima] tem muito. Então, ele vai dar precocidade para o boi”.

Em exposição na 42ª Exposição-Feira Agropecuária de Roraima (Expoferr), que iniciou nesta terça-feira (14), a empresa AG Agropecuária aposta no sêmen do Touro Brangus para avanço genético do gado de corte no estado no estado e no país. Escolhido à dedo, o touro negro ainda recebeu o nome de Monte Roraima.

A empresa é especializada em sêmen bovinos e taurinos. De acordo com Ana Carolina Santos, uma das investidoras, a proposta de transacionar o sêmen da raça sintética é para que o gado possa crescer mais rápido.

“O Brangus é fundamental para dar peso nos gados Nelore e aqui [Roraima] tem muito. Então, ele vai dar precocidade para o boi, inclusive, cresce rápido e engorda rápido e sem peso, que a gente sabe que é o gado de corte”, explica Ana.

A disposição da empresa, conforme a expositora, é que o gado de corte do estado seja mais desenvolvido, porque “querendo ou não, está em região fronteiriça” e é preciso “aumentar e qualificar os animais”.

Touro Brangus

(Foto: reprodução/AG Agropecuária)

O Brangus é uma raça do cruzamento entre Angus e Zebu, e tem característica de fertilidade, precocidade, acabamento de carcaça e qualidade de carne. A raça é uma aposta nacional, de acordo com a Associação Brasileira de Brangus, porque tem versatilidade e já está consolidado no país.

Conforme Ana Carolina, todas as qualidades do Brangus teria sido o motivo para a escolha de comercializar o sêmen do touro, que é está na Crio, no Rio Grande do Sul. “E por que não colocar Monte Roraima? A AG Agropecuária é uma empresa nacional, de Roraima, mas internacional também. Queremos levar o nome de Roraima para fora também”, garante a investidora.

Os botijões com material genético estão entre os estandes empresariais, durante a Expoferr 2023. A empresa também é responsável por trazer o Sal Rosa do Himalaia para gado.

Fonte: Folha BV

ℹ️ Conteúdo publicado por Myllena Seifarth sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM