Encontro resgata representatividade no campo

Encontro resgata representatividade no campo

PARTILHAR
Foto: Sistema FAEP

Evento marca o encerramento do Programa Empreendedor Rural, com premiação dos três melhores projetos.

O Encontro Estadual de Empreendedores e Líderes Rurais, realizado no dia 22 de novembro, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), trouxe uma proposta de retorno às origens. O tema deste ano teve como objetivo levantar discussões acerca dos conceitos que dão nome ao evento – empreendedorismo e liderança rural – e, dessa forma, colocar o produtor rural sob os holofotes do protagonismo no campo. Na ocasião, mais de 5 mil produtores, lideranças rurais, atores da cadeia do agronegócio e autoridades paranaenses estiveram presentes para celebrar conquistas e colaborar com o debate.

Na ocasião, serão revelados os três vencedores do Programa Empreendedor Rural (PER), em que cada participante, ao longo do ano, desenvolve um projeto prático, aplicado à sua propriedade rural. O PER, parceria entre Sistema FAEP/SENAR-PR, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PR) e Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná (Fetaep), já se consolidou como uma das principais iniciativas de apoio ao empreendedorismo rural no Paraná. Desde sua primeira edição, em 2003, o PER já formou mais de 31 mil produtores rurais.

Foto: Sistema FAEP

O evento conta com a presença do vice-governador Darci Piana, do secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, e do diretor-presidente da Copel, Daniel Pimentel Slaviero. No discurso de abertura, um dos anfitriões, o presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette, destacou todos os programas realizados pela entidade e as conquistas do Sistema, além de apontar que é imprescindível manter coesão no campo.

“Representatividade para se transformar em conquistas requer conhecimento e, sobretudo, empenho e união. São nossos objetivos levar o produtor e sua família para dentro do sindicato para que tenham consciência de seus problemas, enxerguem as soluções e saibam como agir”, disse Meneguette.

O diretor-superintendente do Sebrae-PR, Vitor Roberto Tioqueta, ressaltou a importância do PER para a capacitação dos produtores rurais e para a condução das propriedades no campo como empresas, com uma gestão eficiente e com foco no empreendedorismo. Ele destacou também o processo de atualização pelo qual o programa passou, se assentando em três dimensões: família, negócio e propriedade.

“O programa ajuda os produtores a desenvolver competências empreendedoras para sua atuação no campo e o desenvolvimento de novos líderes. Já capacitou mais de 31 mil pessoas que, a partir do compartilhamento de experiências e de informações, passaram a olhar de forma diferente para o seu negócio”, afirmou.

Por sua vez, o presidente da Fetaep, Marcos Brambilla, colocou em evidência e necessidade de união das entidades para fortalecer o campo e dar condições efetivas para que as famílias possam desenvolver seus negócios, gerar empregos e ter renda. Na avaliação do líder, uma das chaves está na criação de políticas públicas e de instrumentos de capacitação dos produtores rurais.

“No Brasil, o sindicalismo, no campo e no meio urbano, fez a diferença e conseguiu trazer o Brasil no nível que estamos hoje. Temos uma série de políticas públicas trazidas por sindicalistas”, afirmou. “Nós precisamos que os jovens consigam realizar seus sonhos. Para isso, é nosso papel criar oportunidades, criando políticas de fomento. A iniciativa privada – Sebrae, FAEP e Fetaep – tem a missão de continuar pensando no produtor, em geração de renda e oportunidades de trabalho às famílias do campo”, completou.

Além de destacar a importância do PER para o desenvolvimento rural do Paraná, o governador em exercício Darci Piana também abordou que a parceria entre as entidades tem sido imprescindível para a evolução do setor agropecuário. Ele mencionou ainda ações, como as viagens técnicas internacionais lideradas pela FAEP, em que produtores do Paraná buscaram conhecimento qualificado em países que são líderes mundiais do agronegócio.

“A gente pode transformar o mundo, como o Sistema FAEP/SENAR-PR, o Sebrae-PR e a Fetaep, estão transformando a nossa agricultura, nessa parceria extraordinária. Eu sou testemunha de que o amigo Ágide Meneguette levou agricultores à França, ao Estados Unidos, ao Canadá, para ver o que eles estavam fazendo por lá. Esse é o caminho certo”, avaliou Piana. “Quando você tem todos os atores no mesmo caminho, você vai muito mais longe (…). Isso tornou a nossa agropecuária a melhor do país, com a melhor produtividade por metro quadrado, transformando nosso produtor em um empresário rural”, acrescentou.

Foto: Sistema FAEP

Protagonismo no campo

Neste ano, a programação segue o tema “Liderança Rural”, com o objetivo de ressaltar a importância da representatividade no campo e abordar as relações entre poder de liderança e iniciativa empreendedora. Seguindo a temática, os discursos de abertura destacaram a importância de se desenvolver e potencializar as capacidades empreendedoras e de protagonismo do produtor rural. Neste sentido, apontaram os programas de capacitação como ponto central neste processo.

“O SENAR-PR faz a diferença na vida das pessoas. Essa é uma parceria de sucesso. Esse empreendimento no campo é fruto da seriedade e do compromisso das entidades que fazem parte de programas, como o PER”, disse Brambilla. “Planejar, agir e inovar exige estudo e o PER tem esse papel de auxiliar o desenvolvimento para que o empreendedorismo ocorra com segurança e confiança”, acrescentou Tioqueta.

O presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette, menciou que a representatividade do sistema sindical vai bem além dos níveis estadual e federal: começa na própria comunidade em que o produtor rural está inserido. Por isso, é preciso identificar e formar líderes locais, como forma de estimular o protagonismo do campo. “Tem que nascer no município, porque é lá que vive e trabalha o produtor e sua família. E é lá, também, que funcionam os serviços básicos de educação, saúde, segurança, transporte, todos eles com representações em conselhos municipais, nos quais os produtores rurais precisam ter participação ativa”, afirmou.

A proposta do evento esteve em sintonia com o Programa de Sustentabilidade Sindical (PSS) do Sistema FAEP/SENAR-PR, iniciativa que vem promovendo uma série de estratégias para a formação de novos protagonistas do campo e o estreitamento dos elos do sistema associativo. Por isso, o encontro ressalta a importância da atuação e mobilização destes produtores para o desenvolvimento dos diversos setores do agronegócio paranaense.

A programação inclui uma palestra com o stá programada uma palestra com o pesquisador Zander Navarro, mestre em sociologia rural e doutor em sociologia, que atua em áreas como desenvolvimento agrário e rural e organizações rurais. Ao longo do evento, serão revelados os três melhores projetos do PER, cujos autores serão premiados com uma viagem técnica internacional, para aprofundar seu conhecimento e visão de mundo.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.