Especialistas debatem estratégias para ampliar exportação do agronegócio

Especialistas debatem estratégias para ampliar exportação do agronegócio

PARTILHAR
Em 2017, produção nacional de milho deve chegar a 90,8 milhões de toneladas
Foto: Pixabay – CC

Meta da exportação do agronegócio é conquistar 10% do mercado mundial de 1,460 trilhão de dólares

Até 2022, a meta é conquistar a fatia de 10% do mercado mundial do agronegócio estimado hoje em 1 trilhão e 460 bilhões de dólares, o que representa o incremento de 146 bilhões de dólares para a balança comercial brasileira.
No cronograma de trabalhos para alcançar esse resultado, instalou-se em Brasília nesta quarta-feira (13) a Comissão de Especialistas de Estratégias do Agro, liderada por Odilson Ribeiro e Silva, secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O planejamento estratégico da ampliação e abertura de mercados para o agronegócio foi estabelecido na portaria 1564 do Ministério da Agricultura publicada no Diário Oficial da União em junho de 2017.

Representantes dos ministérios da Agricultura, Relações Exteriores e Fazenda, da Embrapa e Conab participaram da reunião de apresentação do documento preparado pela Secretaria de Relações Internacionais, que contém listas de produtos, séries históricas, projeções de exportação e oportunidades de mercado.

“É a metodologia de trabalho que estamos propondo na instalação desta comissão de especialistas”, explicou o secretário de Relações Internacionais.

“Estamos abertos a sugestões. Uma vez consolidado o planejamento estratégico com a meta para 2022, vamos apresentá-lo a todo o setor privado do agronegócio.”

A partir das contribuições coletadas nesta primeira reunião, o secretário Ribeiro e Silva apresentará o documento à Federação das Indústrias de São Paulo (FIESP) nesta sexta-feira (15).

Fonte: Mapa

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com