Estudantes de Figueirão conhecem projeto da Fazenda 3R

Estudantes de Figueirão conhecem projeto da Fazenda 3R

estudantes-fazenda-3r
Foto: Bulhões

Alunos do quinto ano da Escola Municipal de Figueirão se dedicam a um projeto que apresentará a produção de carne com qualidade.

Vinte e dois alunos tiveram a oportunidade de conhecer de perto o modelo de produção da Fazenda 3R, reconhecida internacionalmente pela produção de animais de alta qualidade. O resultado do trabalho desenvolvido pelos estudantes concorrerá o prêmio do Programa Agrinho, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS). A visita à propriedade ocorreu nesta segunda-feira (28).

Garrote da Fazenda 3R é selecionado e segue para última fase do PNAT

Pecuarista é eleito Melhor Criador de Bezerros do País

“Levamos as crianças para que conheçam a real origem da carne e todos os processos da porteira para dentro, assim temos a certeza, que saberão desempenhar melhor o trabalho que concorrerá o Agrinho 2017. É de suma importância que conheçam o sistema de produção que cada vez mais exige qualidade, exigência que diversas propriedades de Figueirão atende com maestria”, relata o prefeito de Figueirão, Rogério Rosalin, que acompanhou a visita.

estudantes-fazenda-3r
Foto: Bulhões

Após mostrar todo o processo, desde o bezerro até o boi gordo, o produtor rural Rubens Catenacci apresentou às crianças o produto final, a proteína embalada, pronta para a comercialização. “Na nossa terra temos a oportunidade de produzir, e produzimos, uma das melhores carnes do Brasil. Ela está na mesa de brasileiros e estrangeiros, exatamente devido a qualidade e ao empenho do produtor rural”, detalhou Catenacci aos alunos.

estudantes-fazenda-3r
Foto: Bulhões

A próxima etapa do projeto será desenvolvida em sala de aula com apoio dos professores. O trabalho será inscrito na competição estadual e o resultado será divulgado pelo Senar/MS no último trimestre do ano. A visita à Fazenda 3R teve o acompanhamento da primeira dama, Graciela Rosalin; do vice-prefeito, Fernando Martins; do secretário de Educação Patrick, da coordenadora Marilene; da diretora Andreia e da professora responsável pelo Programa Agrinho, Anaides Pereira da Silva.

Fonte: Diego Silva – Agro Agência Assessoria