FAO eleva para 4,168 milhões número de animais abatidos

FAO eleva para 4,168 milhões número de animais abatidos

PARTILHAR
Suinocultura
Foto: Divulgação

Os dados foram contabilizados até 11 de julho. Segundo a FAO, o balanço da entidade compila informações extraídas dos órgãos federais dos países.

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) informou que 4.168.579 suínos já foram eliminados em países asiáticos por causa da contaminação com a peste suína africana . O número representa um incremento de 1.829 animais em relação ao levantamento anterior da organização, de 4 de julho.

Os dados da organização foram contabilizados até 11 de julho. Segundo a FAO, o balanço da entidade compila informações extraídas dos órgãos federais dos países.

A FAO informou também que sete novos focos da doença foram identificados no continente asiático. Dos novos casos detectados, três foram identificados no Camboja, dois na China, um no Vietnã e um no Laos. Com a atualização, a FAO estima 228 focos da doença, espalhados pela Ásia, ante 221 do levantamento anterior da organização.

A situação mais crítica, em termos de extensão, permanece sendo a da China, com 147 focos em 32 províncias, incluindo a região administrativa de Hong Kong. No levantamento anterior, o total de focos no país era de 145.

Quanto ao volume de animais descartados em virtude da infecção com o vírus, a pior condição é a do Vietnã, com 3 milhões de suínos. No país, segundo o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural local, a epidemia atingiu mais uma província, totalizando 62 regiões afetadas pela doença desde 19 de fevereiro.

A Coreia do Norte permanece com um foco da doença identificado, desde 23 de maio, afetando uma província e levando à eliminação de 77 animais. Quanto à Mongólia, desde o primeiro caso detectado em 15 de janeiro, 11 surtos foram notificados em seis províncias e em uma cidade, levando à eliminação de 3,1 mil animais. Nesses países, os números se mantiveram em relação ao balanço anterior.

Fonte: Estadão Conteúdo

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com