Fazenda é roubada e produtor é torturado

Fazenda é roubada e produtor é torturado

PARTILHAR
fazendeiro é torturado
Foto Divulgação

Fazendeiro foi rendido, amarrado e encapuzado enquanto ladrões levam cabeças de gado, mas antes fizeram até almoço na casa da vítima.

A fazenda Monjolo localizada às margens da BR 070 trinta e oito quilômetros do trevo do Lagarto em Várzea Grande  foi alvo da ação de ladrões de gado na madrugada desta última segunda-feira (20). Em menos de um ano este é o quarto roubo de gado na propriedade, a maioria deles com agressões.

Segundo o boletim de ocorrência o dono da Fazenda Monjolo chegava em sua propriedade logo pela manhã quando foi rendido por três indivíduos armados  usando de violência física e verbal. Segundo o proprietário após as ameaças ele conta que foi amarrado e encapuzado enquanto furtavam cerca de 20 cabeças de gado.

gado roubado
Foto Divulgação

O fazendeiro disse ainda que os ladrões levaram cerca de dez horas para carregarem os animais e enquanto isso um mantinha a vítima amarrada, dizendo para ele se acalmar que logo estaria indo embora. A folga e a certeza da impunidade foi tão grande que até almoço os bandidos fizeram na propriedade.

A vítima que prefere não se identificar por medo de represarias acredita que os suspeitos  são especializados neste tipo de crime, pois tinham habilidade com a lida de animais e não apresentavam sinais de nervosismo.

Esse tipo de crime tem preocupado fazendeiros da baixada cuiabana pela truculência das quadrilhas que estão agindo seguidamente e as forças policiais de Mato grosso não conseguem dar uma resposta aos pecuaristas de Mato grosso.

O boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande, onde várias diligências aconteceram. No final da tarde a polícia localizou num frigorifico clandestino de Várzea Grande, cerca de 10 cabeças de gado roubadas.

As investigações continuam até fechamento dessa edição nenhum suspeito foi preso.

Fonte: Olhando a Notícia

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com