Gado Zebu: Validade para registro definitivo é prorrogada pelo MAPA

PARTILHAR
O famoso “caranguejo” da ABCZ | Foto: Boy Fotógrafo

Após pedido da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), MAPA prorroga validade de Registro Genealógico de Nascimento para RGD

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) acolheu o pedido da ABCZ e concedeu novo prazo para os animais com Registros Genealógicos de Nascimento com validade vencida obterem Registros Genealógicos Definitivos. A decisão leva em consideração o cenário de pandemia e é ampla e irrestrita para todo animal, sendo a data final 30/12/2022 estabelecida em caráter não prorrogável.

“É importante que os criadores revisem seus planteis e verifiquem se há animais nessas condições para não perder essa última oportunidade”, alerta o superintendente Técnico da ABCZ, Luiz Antonio Josahkian.

Essa foi a segunda vez que novo prazo foi estabelecido a pedido da ABCZ, sendo a primeira em setembro de 2020. “O MAPA, mais uma vez, mostrou sensatez na decisão, evitando que animais perdessem sua condição de genética pura por uma questão alheia a vontade do criador, já que a pandemia dificultou os processos”, destacou o presidente da ABCZ, Rivaldo Machado Borges Júnior.

Sobre os prazos. Em 2016, o MAPA determinou que os Registros Genealógicos de Nascimento de todas as raças tivessem um prazo de validade para que fossem convertidos em Registros Genealógicos Definitivos.

A ABCZ, como entidade delegada do MAPA para execução do registro, teve que se adequar às novas regras federais e estabeleceu prazos, contados a partir da data de suas respectivas emissões:

  • a – Para o Registro Genealógico de Nascimento de machos, é de 04 (quatro) anos;
  • b – Para o Registro Genealógico de Nascimento de fêmeas, é de 06 (seis) anos.

Já para os certificados emitidos anteriormente a 30/09/2017, naquela época, foi concedido um prazo de até 3 (três) anos para adequação às regras. 

marcas caranguejo abcz perna
Foto: Divulgação

O que é Registro Genealógico Definitivo?

Para o animal ser registrado na ABCZ, ele recebe inicialmente o caranguejo na face esquerda, que é o controle, o registro genealógico de nascimento, que os técnicos de campo fazem nos animais até a desmama. Depois, numa avaliação final, após um ano de idade, esses animais são vistoriados para verificar se eles apresentam as características pertinentes ao padrão de cada raça zebuína e ele recebe o registro genealógico definitivo. E aí ele recebe a marca do caranguejo na perna direita.

O caranguejo na perna direita é a garantia do registro do animal. Caso um animal tenha somente a série e número na perna direita, ele não possui o registro genealógico definitivo da ABCZ. A entidade também tem o aplicativo para fazer consultas online. A ABCZ possui o ABCZ Mobile, que é disponibilizado gratuitamente para os smartphones, e também no ABCZ.org.br. Nestes dispositivos, o colocando a série, que é a letra do animal e número, se ele for registrado e faça parte do registro da ABCZ, vai aparecer a situação dele.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.