Geneplus: Programa de melhoramento genético de gado de corte

Geneplus: Programa de melhoramento genético de gado de corte

vaca-nelore-com-bezerro-mamando
Foto: Geneplus

O Programa Geneplus é um serviço especializado de melhoramento genético animal colocado à disposição do criador, pela Embrapa Gade de Corte.

O Geneplus é um prestador de serviços na área de Genética e Melhoramento de Gado de Corte, cujo objetivo principal é assessorar o criador em suas tomadas de decisão na execução da seleção, na elaboração de planos de acasalamento e no suporte a atividades de comercialização.

Listamos as principais ações do Geneplus:

1) Programa Geneplus Embrapa (Padrão):

O Geneplus é um Programa criado e colocado à disposição dos criadores, pela Embrapa Gado de Corte, desde 1996, com a finalidade de prestar assessoria na prática da seleção e no planejamento dos acasalamentos, com vistas ao melhoramento genético dos rebanhos.

Logo Geneplus

Como funciona

O Programa é estabelecido com base em dados de campo coletados nas fases de acasalamento, nascimento, maternal, desmama e sobreano, de acordo com um plano de trabalho preparado para cada criador, conforme as características de sua propriedade e de suas metas de seleção.

Enviados ao Programa Geneplus Embrapa os dados de campo, após análises de consistência, os mesmos vão sendo acumulados em base de dados específicas para cada uma das raças.

touro-tatuado-com-a-logo-geneplus
Foto: Rodrigo Alva/Embrapa Gado de Corte

Após as avaliações genéticas, o Programa Geneplus Embrapa disponibiliza ao Criador, através do Sistema Geneplus de Resultados (SGPR) as avaliações de produtos, matrizes e touros para orientação do trabalho de seleção e descartes, programa de comercialização e planejamento de acasalamentos, com previsão de consanguinidade e de DEPs dos possíveis produtos, em um software próprio da tecnologia.

É importante esclarecer que cada uma das Fazendas, assessoradas pela Tecnologia Geneplus, dispõe de um Técnico responsável pelo acompanhamento, o qual estabelece as visitas de definição, de implantação, envolvendo as coletas de dados e de apresentação e aplicação dos resultados, conforme estabelecido no Plano de Trabalho e de comum acordo com o corpo Técnico da Fazenda.

2) Programa GPBIFE:

Para os criadores de plantéis de seleção, produtores de reprodutores e matrizes, o Programa Geneplus Embrapa fornece informações de valor genético de todos os indivíduos do rebanho de forma a subsidiar não apenas o trabalho de seleção como também as operações de comercialização dos produtos a serem oferecidos aos seus clientes. Os selecionadores devem comercializar produtos que, transmitindo a metade do seu genoma à descendência, possibilitem ao produtor comercial um ganho adicional nas características sob seleção: pesos e taxas de crescimento, habilidade materna ou precocidade reprodutiva, dentre outras. Afinal, os produtores comerciais vendem quilogramas de carne, não o valor genético, simplesmente. No entanto, eles necessitam adquirir reprodutores que possuam estimativa de valor genético coerente com o planejamento de sua exploração, além de possibilitar combinações adequadas de acasalamentos para melhorias em todas as características, especialmente naquelas do complexo reprodutivo.

Estas informações vêm ganhando cada vez mais precisão, em função dos avanços ocorridos na área de informática e nas metodologias e aplicativos destinados às avaliações genéticas. A difusão deste material genético superior para os rebanhos comerciais, acelerada pelo acesso cada vez mais democrático às biotécnicas reprodutivas (inseminação artificial convencional e em tempo fixo, fecundação in vitro e transferência de embriões) pode proporcionar ganhos reais ainda mais expressivos na pecuária de corte.

Com base nesta estrutura organizacional de produção de gado de corte, o Programa Geneplus Embrapa propõe uma assessoria direta ao produtor comercial, oferecendo suporte no uso dos recursos genéticos disponíveis com o objetivo de produção de carne bovina de qualidade com rentabilidade. Esta forma de atuação se denomina GPBIFE.

A proposta do GPBIFE é atuar de forma simples e consistente, nas fases de Acasalamento, de Nascimento e na Desmama.

Na fase de Acasalamento, é considerado o número de touros e a indicação (escolha) dos touros a serem utilizados por inseminação artificial e/ou monta natural. Este procedimento é realizado tanto para aqueles produtores que utilizam cruzamento quanto os que não adotam esta prática, considerando os resultados das avaliações genéticas (DEPs), para o total materno à desmama (visando a cria), para o peso ao sobreano (visando a recria/engorda) e para o perímetro escrotal (visando a reprodução).

De posse do diagnóstico de gestação, é preparada a fase de Nascimento. Com os dados das fases de acasalamento e de nascimento, é possível se conhecer o desempenho reprodutivo do rebanho.

Na fase de Desmama são obtidos outros dados relacionados à cria, possibilitando a avaliação da contribuição das matrizes e reprodutores na produção de carne: bezerros desmamados. Esta fase está geneticamente relacionada ás fases de recria e de engorda. No GPBIFE nesta fase são escolhidas as fêmeas para a reposição.

Como se inscrever nos Programas Geneplus Padrão e GPBIFE

Para se cadastrar no Programa Geneplus, em ambas as opções: seleção ou produção de carne, o Criador deve procurar pela equipe Técnica do Programa, que em conjunto com a equipe da propriedade, estabelecerá um Plano de Trabalho a ser conduzido na Fazenda. Nesta proposta, em função do diagnóstico a ser realizado, considerando as condições de gestão, pessoal, infraestrutura e sistema de produção, bem como dos recursos genéticos disponíveis, será elaborado o planejamento. Com este conhecimento são definidos os objetivos do Programa, as características a serem monitoradas, a rotina de coleta de dados (envolvendo as fases de acasalamento, nascimento, cria e recria) e as estratégias de melhoramento genético a serem aplicadas.

Ressalta-se que em cada Plano de Trabalho (proposta) são respeitados os propósitos e as características inerentes àquela Fazenda.

Como atividade de prestação de serviços, é estabelecido um contrato com o Criador, com opções para pessoa física ou jurídica, através da Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária e Ambiental (FUNDAPAM). O Criador se compromete ao investimento que depende do número de fêmeas expostas à reprodução, que equivale à soma do número de vacas, novilhas que estão entrando na estação de monta e o número de produtos provenientes de FIV e ou TE, inscritas no Programa e do valor da arroba de boi gordo na praça de Campo Grande.

É importante esclarecer que o valor do investimento para a opção GP BIFE equivale a 30% (trinta por cento) da opção Padrão.

Além destas duas opções de assessoria aos Criadores, o Programa Geneplus Embrapa dispõe de outras ações como forma de permitir a utilização de animais geneticamente superiores mais eficientemente.

3) Programa Geneplus Embrapa Genômica

É uma opção de participação dos Criadores assessorados pelo Programa Geneplus Embrapa no desenvolvimento de projetos que integram os conhecimentos de genética molecular e quantitativa visando maximizar os ganhos genéticos para produção sustentável da carne bovina.

4) Programa de Avaliação de Touros Jovens (ATJPlus)

O ATJPLUS tem por objetivo a identificação e avaliação de touros jovens promissores nos rebanhos integrados ao Programa Geneplus Embrapa.

Para ingressar no ATJPLUS, o touro candidato, produto de inseminação artificial ou monta natural, deve atender aos seguintes requisitos: apresentar, entre os animais ativos, Índice de Qualificação Genética (IQG) classificado na categoria Elite (até 16% de percentil); ter sido classificado com notas cinco ou seis para conformação frigorífica à desmama e com nota seis ao sobreano; possuir RGD definitivo emitido pela ABCZ e idade inferior a três anos.

Há duas alternativas para a pré-seleção e indicação de animais para ingresso no ATJPLUS. A primeira, pela indicação do Técnico responsável pelo acompanhamento da propriedade, e, a segunda, através da Prova de Avaliação de Desempenho (PAD), denominada eficiência alimentar.

5) Programa de Avaliação de Desempenho (PAD)

É uma ação do Programa Geneplus Embrapa que consiste na identificação de animais mais eficientes do ponto de vista de utilização do alimento na produção de carne. A PAD é aberta à participação dos Criadores assessorados pela Tecnologia Geneplus e faz parte do arranjo denominado “MaxiBife”, cujo objetivo é viabilizar a seleção genômica.

6) Programa CEIP Nelore Geneplus Embrapa

O principal objetivo do Programa CEIP Geneplus Embrapa é a identificação de animais, machos e fêmeas, de destacado mérito genético e incrementar a utilização dos mesmos pelos produtores comerciais, pela comercialização de touros, matrizes, sêmen ou embriões. Mais especificamente, a meta é desenvolver rebanhos de animais da raça Nelore de porte moderado, com boa precocidade sexual, alta fertilidade, alto potencial de ganho de peso e rápido acabamento de carcaça – de modo a contribuir para a eficiência bio-econômica da produção de carne no Brasil.

Outras informações podem ser obtidas pelo acesso à página da Embrapa Gado de Corte ou através da página do Programa Geneplus.

 

-- conteúdo relacionado --
Produção de genética bovina: menos pirotecnia, mai... E seguimos na estrada e no trecho dos que buscam melhores reprodutores. Por estarmos no sul do país, a experiência e vivência que tentamos compartilha...
Pecuária: seleção genética persegue eficiência ali... Pesquisadores debatem os novos avanços de seleção genética no Seminário Nacional da Associação de Criadores e Pesquisadores (ANCP). Calibrar ainda ma...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com