Genética Select Sires domina provas genômicas no Brasil

Genética Select Sires domina provas genômicas no Brasil

PARTILHAR
select-sires
Foto: Divulgação

No ranking para TPI, a melhor fêmea do Brasil foi HARM TEREZA JEDI 4370, filha do touro JEDI de propriedade de Lucas Rabbers.

Em 17 de agosto, a ZOETIS lançou durante a AGROLEITE 2017 o sumário com as avaliações genômicas das fêmeas no Brasil. A genética Select Sires foi dominante e mostrou novamente que é a genética que entrega resultados para os criadores.

No ranking para TPI, a melhor fêmea do Brasil foi HARM TEREZA JEDI 4370, filha do touro JEDI de propriedade de Lucas Rabbers. Essa mesma femea é também a Nº1 do Brasil para proteína.
No ranking para TPI, a genética Select Sires produziu 3 das top 5 (1 filha de JEDI e duas filhas de Bandares, 10 das top 20 e 16 das TOP 30.

No ranking para Mérito Líquido, a Nº1 é uma filha de Modesty, MPF 6651 Odalisca 4759 MODESTY, de Luis Carlos Figueiredo.
Para Mérito Liquido a genética Select Sires produziu 4 nas TOP5, com Modesty, duas filhas de Montross e Jedi. Mais da metade das femeas no TOP30 são genética Select Sires.

Quando o assunto é leite, a liderança é extrema. As TOP 17 são todas filhas de genética Select Sires. Das top30, 25 são genética Select. A vaca Nº 1 é SEKITA OVID 6302 MONTROSS-FIV de propriedade da Sekita Agropecuária.

Fonte: Select Sires