Girolando firma parceria com universidade referência do Brasil

Girolando firma parceria com universidade referência do Brasil

Foto Divulgação.

Girolando firma parceria nas áreas de pesquisa, ensino e extensão com Universidade Federal de Viçosa.

Uma das instituições de ensino mais tradicionais do país na área de Ciências Agrárias, a Universidade Federal de Viçosa (UFV), contará a partir de 2018 com um rebanho da raça Girolando graças à parceria firmada nesta quarta-feira (20/12), em Uberaba/MG, com a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando.

Serão cedidas cerca de 70 novilhas da raça, em regime de comodato, para a Unidade de Ensino, Pesquisa e Extensão em Bovinos à Pasto (DZO-UFV). Os animais ficarão alojados na fazenda escola, em Viçosa/MG, em sistemas de confinamento e a pasto, e serão utilizados em diversas pesquisas nas áreas de melhoramento genético, produção, reprodução e nutrição.

As novilhas serão cedidas por associados da Girolando, que terão direito futuramente de receber embrião do animal cedido. Os interessados em colaborar com o projeto devem procurar a equipe técnica do Programa de Melhoramento Genético da Raça Girolando (PMGG).

A parceria entre as duas entidades ainda prevê pesquisas no Centro de Performance Girolando, em Uberaba/MG, com os animais participantes da 6ª Pré-Seleção de Touros Girolando. Os estudos serão nas áreas de reprodução, melhoramento genético, sanidade (com foco em resistência a carrapatos), nutrição e produção. Segundo a professora de Gado de Leite da UFV, Polyana Pizzi Rotta, a universidade já tem 10 trabalhos científicos sobre a raça publicados em renomada revista científica e a intenção é ampliar o número de publicações a partir de agora, garantindo que um maior volume de informações sobre o desempenho dos animais Girolando cheguem até os produtores rurais e profissionais do setor.

Na parte de Ensino, a parceria prevê a participação de alunos da UFV nas atividades do Centro de Performance Girolando. A primeira a participar das atividades de Ensino foi a aluna de Doutorado da UFV, Denise Silva Okano, que participou esta semana das coletas de dados para as avaliações reprodutivas dos animais da Pré-Seleção de Touros Girolando. A UFV é a responsável pela avaliação de potencial produtivo dos 60 reprodutores que participam desta sexta edição da prova e já iniciou esta semana os exames andrológicos.

Já na parte de Extensão a parceria inclui a participação da Girolando em dois projetos tradicionais da UFV. Um deles é o “Família do Leite”, voltado para o treinamento de alunos com o objetivo de prestação de assistência técnica a produtores rurais. Agora, os estudantes serão também capacitados em relação à raça Girolando. Já o evento “Semana do Fazendeiro”, que ocorre anualmente na UFV e reúne mais de 3 mil pessoas, terá cursos sobre a raça a partir de 2018.

Para o presidente da Girolando, Luiz Carlos Rodrigues, o desenvolvimento de novas pesquisas gerará informações importantes para o avanço da raça, dando ainda mais credibilidade à seleção de Girolando conduzida pelos pecuaristas brasileiros. “O Girolando evoluiu muito nessas últimas duas décadas graças ao trabalho rigoroso de seleção dos criadores e às pesquisas conduzidas por importantes instituições. Precisamos garantir a continuidade desses estudos para que esse aprimoramento continue, afinal somos referência mundial em genética Girolando.”, destaca o presidente.

A solenidade de assinatura do contrato entre a Girolando e a UFV aconteceu na sede da entidade, em Uberaba/MG, e contou com a presença do presidente da Girolando, Luiz Carlos Rodrigues, do superintendente Técnico, Leandro Paiva, do coordenador Operacional do PMGG, Marcello Cembranelli, do supervisor técnico do PMGG, Gustavo Gonçalves, da professora de Melhoramento Genético Animal da UFV, Simone Eliza Facioni Guimarães, da professora de Gado de Leite da UFV, Polyana Pizzi Rotta, do professor de Reprodução Animal da UFV, José Domingos Guimarães, e da aluna de doutorado da UFV Denise Silva Okano.