Golpistas dão prejuízo de R$ 30 mi a pecuaristas

PARTILHAR

No golpe os criadores negociavam os animais por um valor a prazo em cheque ou depósito bancário, mas nunca recebiam o pagamento.

Foram presos suspeitos de integrarem uma quadrilha que aplicava golpes em pecuaristas do Rio Grande do Sul. Segundo a Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) os prejuízos ultrapassam os R$ 30 milhões, sendo um dos maiores danos ao agronegócio na história do Estado.

No golpe os criadores negociavam os animais por um valor a prazo em cheque ou depósito bancário, mas nunca recebiam o pagamento. Os criminosos, por sua vez, vendiam este gado a preço menor e com prazo menor para receber e iam girando o dinheiro.

Seriam pelo menos 30 casos na Região Central e Fronteira. Um dos produtores que denunciou o golpe disse à polícia que fazia negócios frequentes com o suspeito, criando uma relação de confiança. Uma vez, no entanto, o comprador recolheu os 542 animais negociados sem efetuar o pagamento, de quase R$ 5 milhões.”Ele levou uma vida toda de sacrifício”, lamentou sem se identificar.

Foram presos dois suspeitos. Um estava em Porto Alegre e não tem antecedentes. Outro estava em Caçapava do Sul, Sul do Estado.

Com informações do Agrolink.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com