Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Governo federal renegociará dívidas de produtores afetados pela seca

“A situação exige que olhemos para o passado, renegociemos essas dívidas e também discutamos maneiras de facilitar para que essas pessoas voltem a plantar outra vez”; confira

Em uma declaração nesta quinta-feira (8), o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, revelou que o governo está ampliando seus esforços para lidar com as dificuldades enfrentadas pelos produtores rurais em meio à seca que assola partes do país. Além da dívida do estado de Minas Gerais com a União, Lula destacou a necessidade de renegociar as operações de crédito rural de custeio e investimento contratadas com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) por produtores rurais afetados pela seca ou estiagem na região.

De acordo com o presidente, mais de 586 contratos devem ser revistos, representando um montante expressivo de cerca de R$ 8 bilhões. Lula enfatizou a importância de aliviar o fardo das dívidas antigas e encontrar soluções que permitam aos agricultores retomar suas atividades de plantio.

A situação exige que olhemos para o passado, renegociemos essas dívidas e também discutamos maneiras de facilitar para que essas pessoas voltem a plantar outra vez“, afirmou o presidente durante uma entrevista à Rádio Itatiaia.

A iniciativa ganhou impulso após o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovar, na quarta-feira (7), a renegociação das operações de crédito rural de custeio e investimento contratadas com recursos do FNE por produtores rurais afetados pela seca ou estiagem no Norte de Minas Gerais e no Nordeste. A medida abrange parcelas vencidas ou com vencimento no período de 1º de julho de 2023 a 30 de dezembro deste ano, conforme resolução extra publicada pelo colegiado.

Essa decisão busca fornecer um alívio financeiro necessário para os agricultores que enfrentam condições climáticas adversas, permitindo-lhes reestruturar suas dívidas e fortalecer sua capacidade de produção diante dos desafios impostos pela seca. O governo, por sua vez, reafirma seu compromisso em apoiar o setor agrícola e garantir a sustentabilidade econômica das regiões afetadas.

Escrito por Compre Rural.

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado pela estagiária Juliana Freire sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM