PARTILHAR

Grupo Melkstad do Paraná bate record de produção de leite, propriedade registrou a impressionante marca de 68 mil litros de leite/dia, com 1.825 vacas na ordenha.

Considerada a 5ª maior propriedade produtora de leite no TOP 100 Brasil, o Grupo Melkstad registrou na última sexta-feira, dia 03 de maio, a incrível marca de 68 mil litros de leite produzidos em um único dia, com 1.825 vacas na ordenha. Um recorde para a Fazenda.

Segundo Márcio Hamm, Gerente Operacional da Melkstad, quando se mudaram em 2015 para a própria fazenda, possuíam 240 vacas em lactação. “Vieram conosco também os nossos funcionários que, na época, eram sete casais, ou seja, 14 pessoas. Em 60 dias de mudança, compramos mais um rebanho de 300 vacas em lactação e assim, dobramos o plantel, surgindo a necessidade de uma gestão melhor e diferente. Viemos de um negócio pequeno, pois começamos com 50 cabeças”.

O Grupo Melkstad utiliza genética Semex em 100% das inseminações da propriedade, e, mais recentemente, também iniciou um trabalho de FIV em parceria com o Cenatte Embriões, no projeto UpGen. A visita, desta vez, teve como objetivo o alinhamento de alguma ações e estratégias para o ano.

Grupo do Paraná atinge recorde de produção de leite 2
Foto: Divulgação
Grupo do Paraná atinge recorde de produção de leite
Foto: Divulgação

TOP 100 2019 MilkPoint

MilkPoint realiza desde 2001 o levantamento Top 100, que reúne os 100 maiores produtores de leite do Brasil. Confira alguns dados relevantes:

  • Produção dos Top 100 no ano de 2018 alcançou média diária de 19.238 litros. Essa média é 194% maior do que a média geral do primeiro levantamento, em 2001. Já o crescimento da produção formal no mesmo período foi de 85,2% e da produção total do país apenas 63,3%.
  • Por mais um ano, foi a Fazenda Colorado, localizada em Araras/SP, que ganhou o título da maior produtora de leite do Brasil. No último ano, a propriedade teve um aumento de 9% no volume produzido diariamente, totalizando 73.730 litros/dia.
  • Bem acima da pesquisa anterior, 39% dos produtores consideraram a rentabilidade da atividade leiteira em 2018 melhor do que a média se comparada a outros anos (ante 7% em 2017); 33% afirmaram que esteve igual e 28% a consideraram pior que a média.
  • Minas Gerais se consolidou ainda mais como o estado mais representativo no Top 100, com 44 propriedades (4 a mais que no ano passado). A raça Holandesa continua sendo a mais utilizada entre os 100 maiores, estando presente em 75 fazendas.
Grupo Melkstad do Paraná atinge recorde de produção de leite 3
Foto: Márcio Hamm / Fazenda Melkstad

Com informações da Semex e MilkPoint

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.