Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Hereford e Braford: Revolução genética impulsionando a pecuária

A evolução do melhoramento genético dessas raças é evidenciada pelos 26 touros em centrais e pela venda anual de mais de 1500 exemplares, transformando significativamente o cenário da pecuária nacional; veja

A pecuária brasileira está vivenciando uma revolução impulsionada pela genética, e a Conexão Delta G, renomada no cenário pecuário do país, está na vanguarda desse movimento. Seu programa de melhoramento genético, focado nas raças Hereford e Braford, destaca-se por intensificar o uso da genômica para aprimorar características econômicas essenciais.

Em uma entrevista exclusiva ao programa Giro do Boi, realizado em Rondonópolis (MT), o médico veterinário Eduardo Terra Peixoto, diretor de pecuária do Grupo Pitangueira e membro do Conselho Técnico da Conexão Delta G, compartilhou informações cruciais sobre os avanços recentes nessas raças. Antes de adentrarmos nas questões relacionadas à genética, vamos entender as diferenças entre o Hereford e Braford.

Hereford e Braford: Diferenças entre as raças

O Braford, fruto do cruzamento controlado entre o Hereford e raças zebuínas, surge como uma resposta genética adaptada a ambientes desafiadores de produção. Em comparação com o Hereford, o Braford se destaca por sua notável resistência a condições hostis, conservando as características de carne de qualidade e a docilidade herdada de sua linhagem.

Imagem: Divulgação

Esta raça moderna congrega uma série de atributos desejáveis, combinando fertilidade, habilidade materna, precocidade, temperamento dócil, volume e qualidade de carne do Hereford com a capacidade de adaptação aos trópicos, resistência a ectoparasitas, rusticidade e rendimento de carcaça típicos dos zebuínos. Além disso, o benefício indiscutível da heterose contribui para elevar ainda mais a qualidade de sua carne.

Os machos Braford são notáveis pela extrema fertilidade, virilidade e precocidade. Adaptam-se eficientemente às condições de reprodução a campo e são reconhecidos pela excepcional massa muscular, desempenhando uma missão fundamental na produção de bezerros.

As fêmeas Braford, por sua vez, destacam-se por sua precocidade e fertilidade. Demonstram um potencial comprovado para entrar em reprodução entre 14 e 18 meses de idade, totalmente a campo. Com peso médio adulto de 450 kg, exibem excelente facilidade de parto e habilidade materna, desmamando bezerros com mais de 50% do peso materno aos 6-8 meses.

Braford/Foto:ABHB

A trajetória do Braford brasileiro é marcada por 40 anos de seleção criteriosa, em colaboração com instituições de pesquisa renomadas. Considerado o de melhor consistência genética no mundo, o Braford é aclamado nas pistas de julgamento internacionais e em diversas condições de produção. Sua carcaça bem conformada, perfil muscular, alto rendimento de cortes comestíveis e a excepcional cobertura de gordura e marmoreio fazem dele uma escolha procurada pelos frigoríficos brasileiros, sendo a Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) a certificadora exclusiva da raça no país.

Já a raça Hereford, originária do condado britânico de Herefordshire, ostenta uma história notável que a coloca entre as mais antigas raças bovinas do mundo, com indícios de sua existência remontando a 1562. Seu aprimoramento moderno é atribuído a Benjamin Tomkins, que, em 1742, deu início ao registro da raça com o nascimento da vaca Silver. Através de cuidadosa consanguinidade, foram alcançados animais mais eficientes, caracterizados por maior rusticidade, fertilidade e capacidade de abate precoce.

A disseminação global do Hereford teve seu impulso durante a Revolução Industrial, na segunda metade do século XIX, quando a demanda por carne enlatada aumentou. A eficiência produtiva do Hereford na conversão de pasto em carne de alta qualidade destacou a raça globalmente. Hoje, o Hereford é uma das raças mais cosmopolitas, presente em todos os continentes.

No Brasil, o Hereford foi introduzido por meio do Uruguai e Argentina. Em 1907, Laurindo Brasil inaugurou o Herd Book da raça no país com o registro do touro “Alfo”, importado da Argentina. Desde então, a raça cresceu consideravelmente, especialmente nos estados do Sul, onde o clima é mais similar ao seu local de origem. Adaptabilidade é uma característica ancestral do Hereford, tornando-o indispensável em programas de cruzamento industrial.

Ao longo de mais de um século, a pressão seletiva no Brasil conferiu ao Hereford um desempenho exemplar, tornando-se sinônimo de produção de carne de alta qualidade e maciez. Possuindo temperamento dócil, as fêmeas apresentam grande fertilidade e habilidade materna, iniciando a reprodução aos 14 meses e pesando, em média, 280 kg. Demonstram aptidão para uma longa vida produtiva nos rebanhos.

Hereford/Foto: ABHB

Os novilhos Hereford alcançam rápida terminação, atingindo os 18 meses pesando, em média, 420 kg, prontos para o abate. Suas carcaças exibem bom rendimento, acabamento e deposição de gordura. A carne é reconhecida por sua qualidade saborosa, sendo tenra e sem excesso de gordura. Os reprodutores Hereford são vigorosos, com alta libido e grande fertilidade, permanecendo produtivos no rebanho por vários anos.

O registro genealógico da raça no Brasil é atribuído à Associação Nacional de Criadores Herd BookCollares (ANC), responsável pelos animais Puros de Origem. Os Puros Controlados e as fêmeas Puras por Avaliação (livro aberto) são registrados pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB).

O avanço significativo nas raças Hereford e Braford

Com mais de meio milhão de bovinos avaliados, a Conexão Delta G tem concentrado seus esforços no aprimoramento das características econômicas fundamentais. A evolução do melhoramento genético dessas raças é evidenciada pelos 26 touros em centrais e pela venda anual de mais de 1500 exemplares, transformando significativamente o cenário da pecuária nacional.

Eduardo destacou a importância da genômica para prever com precisão características essenciais. Desde o início do programa em 1994, foram avaliadas 21 características, priorizando aquelas que impactam diretamente o desenvolvimento econômico. O resultado desse trabalho é o Braford, uma raça que se destaca pela adaptabilidade e qualidade da carne.

Desafios e oportunidades no Centro-Oeste

Apesar dos desafios enfrentados na intensificação da pecuária no Centro-Oeste, a Conexão Delta G, composta por 17 associados e pautada por critérios rigorosos, busca aprimorar constantemente a genética em meio a um mercado altamente competitivo. A qualidade da carne Braford, reconhecida em protocolos premium, não apenas se destaca, mas também proporciona rentabilidade aos produtores.

Foto: Daniel Sempe

O convite é estendido a mais pecuaristas para que experimentem e apreciem a qualidade singular dessa genética, reforçando a importância de sua adoção para impulsionar a eficiência produtiva.

Inovação e futuro na pecuária nacional

A Conexão Delta G surge como referência em inovação genética, com a genômica como sua aliada principal. A busca incessante pela excelência na qualidade da carne e na eficiência produtiva delineia um caminho claro em direção a um futuro sustentável na pecuária brasileira. A integração de avanços genéticos promissores sinaliza não apenas um presente transformador, mas também uma perspectiva promissora para o setor, impulsionando a pecuária nacional rumo à excelência sustentável.

Expansão das raças Hereford e Braford no Brasil

Originária do condado britânico de Herefordshire, na Inglaterra, a raça bovina Hereford encontrou solo fértil no Brasil, estendendo suas raízes para além das fronteiras britânicas. Com os maiores rebanhos concentrados nos estados da região Sul, a presença da raça tem experimentado uma notável expansão por todo o país.

O médico veterinário e criador Eduardo de Souza Soares, presidente da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), destaca a crescente presença da raça em estados como Mato Grosso do Sul, Goiás, Maranhão e Sergipe. A disseminação da genética Hereford no Brasil é impulsionada pelo uso estratégico do sêmen de touros em programas de inseminação artificial, bem como pelo cruzamento com touros Braford.

Com uma história de 115 anos em solo nacional, o Hereford tem sido um componente essencial da pecuária brasileira. Por outro lado, o Braford, apesar de ter registrado oficialmente sua presença há apenas 19 anos, tem suas raízes sendo cultivadas no país há cerca de meio século. O resultado desse cuidadoso processo de seleção é uma raça adaptada e de qualidade superior.

Crescimento sólido impulsionado por investimentos em genética

O crescimento exponencial das raças Hereford e Braford no Brasil é respaldado pelo significativo aumento nos investimentos dos produtores na genética desses animais. A venda de sêmen dessas raças registrou um aumento notável de 30% na comparação entre 2021 e 2020, refletindo a confiança e a demanda crescente por essas linhagens.

Foto: Grafaels fotografia

Eduardo de Souza Soares enfatiza que o Braford desempenha um papel crucial ao conferir adaptabilidade à raça, permitindo sua presença em diversas regiões do país. O objetivo central é atender à produção de carne que atenda aos gostos do consumidor final. “Cabe a nós, produtores de genética, produzirmos animais adaptados, moderados de tamanho e que possam agregar cada vez mais qualidade à carne do rebanho. O resultado de todo o nosso trabalho está na mesa do consumidor“, ressalta Soares.

Projeção internacional e destaque no Mercosul

Além do seu sucesso no Brasil, o Braford também conquista territórios em países como África do Sul, Austrália, México, Argentina, Uruguai e Paraguai. Contudo, Eduardo de Souza Soares destaca que a genética nacional é a que mais se destaca entre os países da América do Sul, conforme evidenciado no recente congresso mundial da raça realizado em Corrientes, na Argentina.

Podemos dizer que estamos bem posicionados na genética Braford perante os países do Mercosul“, afirma Soares. Essa afirmação solidifica não apenas o êxito das raças Hereford e Braford no cenário brasileiro, mas também sua projeção e reconhecimento internacional, consolidando-as como protagonistas na busca por qualidade e inovação na pecuária mundial.

Escrito por Compre Rural com informações do Giro do Boi.

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado pela estagiária Juliana Freire sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM