Impacto da suspensão para China deve ser limitado, afirma analista

Impacto da suspensão para China deve ser limitado, afirma analista

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Medida, contudo, deve reduzir poder de barganha dos vendedores brasileiros no mercado internacional.

O impacto financeiro da suspensão das exportações de carne bovina brasileira para a China deve ser limitado, segundo avaliação da analista de mercado da Scot Consultoria, Pâmela Andrade. A medida, contudo, deve limitar o poder de barganha dos vendedores brasileiros.

“Há outros países que já afirmaram que as exportações vão continuar normalmente, ou seja, não é aguardado um impacto significativo no volume de exportações totais”, comenta a analista ao ressaltar que a suspensão foi um procedimento padrão, previsto no acordo comercial entre Brasil e China.

“É válido ressaltar que o ofício de suspensão partiu do lado brasileiro, respeitando as normas comerciais entre os dois países”, destaca Andrade. Segundo a analista, por ser um caso atípico de encefalopatia espongiforme bovina, “é provável que a interrupção das exportações para China não se prolongue por muito tempo”.

Fonte: Portal DBO

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.