Importância da genética na pecuária de corte

Importância da genética na pecuária de corte

pecuaria-de-corte
Foto: Divulgação

“Caminhos da Genética” será um dos destaques da edição, com diversos painéis que mostram cada etapa do processo de produção de uma carne de qualidade

Nos dias 15, 16 e 17 de novembro, a CRI Genética, uma das empresas líderes no segmento de inseminação artificial (IA) no Brasil, se uniu à InterCorte São Paulo para discutir a importância da genética na pecuária de corte.

O evento encerra o circuito itinerante que vem percorrendo alguns dos principais polos da cadeia produtiva da carne bovina do Brasil.

O evento que foi realizado no WTC Golden Hall, em São Paulo (SP) terá como uma das principais novidades o “Caminhos da Genética”, um desdobramento do projeto “Caminho do Boi”, iniciativa criada para que os visitantes simulem o trajeto realizado pelo animal de corte, desde a fazenda até o varejo.

A cada edição da InterCorte São Paulo, uma dessas etapas será aprofundada, começando pela genética.

A ação, desenvolvida com o apoio do gerente de Marketing da CRI Genética, Daniel Carvalho, teve cinco blocos, onde mais de 30 debatedores discutiram os diversos aspectos que influenciam a genética bovina como estratégia para a pecuária.

Daniel Carvalho, que também é zootecnista participará do bloco sobre “Produtividade, Lucratividade e Sustentabilidade na utilização de animais melhorados”, que trouxe ainda como debatedores Abel Leopoldino (Grupo Leopoldino), Rogério Fonseca Peres (ABS Pecplan) e Bento Gonzaga (PSLM). Ao final houve um debate entre os palestrantes dos cinco blocos, que finalizará o “Caminhos da Genética”.

Feira de negócios InterCorte
Edição de 2016. Foto: Divulgação/ Eduardo Saraiva/A2IMG

 

Fonte: CRI Genética

PARTILHAR

21 anos, Jales/SP.
Estudante de Jornalismo, fotógrafa e estagiaria em Assessoria de Imprensa.
Contato: jornalismo@comprerural.com