Incêndio mata 24 mil animais em fazenda, prejuízo!

Incêndio mata 24 mil animais em fazenda, prejuízo!

PARTILHAR

O local destruído pelo fogo pertence ao produtor rural Ademar Muller, que informou que os prejuízos chegam a R$ 45 mil; Infelizmente tudo foi perdido no incêndio de grandes proporções!

Um incêndio matou 24 mil frangos na madrugada desta quinta-feira, 27, no interior de Roca Sales, município do Rio Grande do Sul. De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros Voluntários de Imigrantes e Colinas, Marcelo Ceppo, as chamas teriam começado às 2h30, e só foi controlada no início da manhã, às 5h.

Conforme os Bombeiros Voluntários de Imigrante e Colinas (Imicol), que atuaram na ocorrência por cerca de três horas, foram utilizados seis mil litros de água. Ainda conforme a corporação, o princípio de incêndio se deu onde há a caldeira de aquecimento, se alastrando para dentro do aviário. Atuaram na ocorrência quatro bombeiros e duas viaturas.

Ainda segundo o órgão, ventava muito na região e o fogo se espalhou rapidamente pela estrutura de 500 metros quadrados. O incêndio teria começado na lenha, perto da caldeira de aquecimento do aviário, segundo a equipe dos bombeiros que atendeu o chamado.

Na madrugada desta quinta-feira (27), por volta das 2h30min, um incêndio em um aviário na Linha Fazenda Lohmann, em Roca Sales, resultou na morte de 24 mil frangos.

O aviário destruído pelo fogo pertence ao avicultor Ademar Muller que informou que os prejuízos chegam a R$ 45 mil. Ainda segundo o Comandante Marcelo Ceppo, é o segundo incêndio na localidade, em menos de três meses. Os bombeiros planejam editar uma cartilha com dicas para os avicultores da região evitarem incêndios nas granjas.

Os bombeiros trabalharam até às 5h10min e precisaram de quatro voluntários e duas viaturas para o combate do incêndio. A suspeita é de que o fogo tenha iniciado em madeiras, que estavam próximas da caldeira de aquecimento do aviário.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com