Incertezas quanto à produtividade e alta do dólar elevam preço interno

Incertezas quanto à produtividade e alta do dólar elevam preço interno

PARTILHAR

Preocupações quanto à produtividade das lavouras de segunda safra de milho seguem elevando os preços internos do cereal.

Conforme colaboradores do Cepea, chuvas pontuais foram registradas em algumas regiões do Centro-Sul nos últimos dias, mas o volume foi considerado baixo para recuperar o potencial produtivo das lavouras.

Assim, incertos quanto à oferta de milho nos próximos meses, produtores estão retraídos do mercado, sustentando o movimento de alta dos preços.

Entre 11 e 18 de maio, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa avançou 0,4% na região de Campinas (SP), a R$ 42,61/saca de 60 kg na sexta-feira, 18. Na parcial do mês, o Indicador acumula forte alta de 8,2%.

A forte valorização do dólar neste mês também tem influenciado as altas dos preços internos.

Desde o início de maio, a moeda norte-americana se valorizou 6,7% e, na parcial deste ano, 13,1%, atingindo R$ 3,74 no dia 18.

Fonte: Cepea

-- conteúdo relacionado --

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com