Indicador do boi gordo segue em disparada, afirma Cepea

Indicador do boi gordo segue em disparada, afirma Cepea

PARTILHAR
Foto: Confinamento Monte Alegre. (Reprodução: CompreRural)

Segundo pesquisadores do Cepea, a oferta enxuta de animais para abate e as exportações aquecidas são os fatores que elevam os preços!

Depois de recuarem 5,85% em dezembro, os preços da arroba do boi gordo no mercado paulista iniciam 2021 em alta. No acumulado da parcial de janeiro (até o dia 13), o Indicador do boi gordo CEPEA/B3 subiu 7,04%, ou seja, já recuperou as perdas de dezembro.

Nessa quarta-feira, 13, o Indicador fechou a R$ 285,95. Segundo pesquisadores do Cepea, a oferta enxuta de animais para abate e as exportações aquecidas são os fatores que elevam os preços domésticos. Neste começo de 2021, os embarques seguem favorecidos pelo dólar alto e pela demanda chinesa.

Segundo dados da Secex, na primeira semana de janeiro, foram exportadas 40 mil toneladas de carne bovina in natura, com média diária de 8,13 mil toneladas, bem acima da verificada no mesmo mês do ano passado, de 5,32 mil toneladas.

Fonte: Cepea

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.