Indústrias veterinárias podem produzir vacinas do Covid-19

PARTILHAR
FILE PHOTO: Small bottles labeled with a
Foto: REUTERS/Dado Ruvic/Illustration/File Photo

Câmara aprova urgência na votação de projeto que trata da produção de vacinas contra Covid-19 por indústrias veterinárias; PL 1343/2021 será apreciado diretamente no Plenário pelos deputados

A Câmara dos Deputados apreciou, na noite desta quinta-feira (2), o Requerimento de Urgência que trata do Projeto de Lei 1343/2021, de autoria do senador Wellington Fagundes (PL-MT), membro da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). A proposta autoriza o uso de estruturas industriais destinadas à fabricação de produtos de uso veterinário para a fabricação de vacinas contra a Covid-19 no Brasil. A ideia é ajudar nas ações de combate à pandemia do novo Coronavírus.

A proposta foi aprovada, no dia 27 de maio, por unanimidade, no Plenário do Senado Federal e agora tramita na Câmara. Para o senador Wellington Fagundes, a aprovação do requerimento de urgência para votação no Plenário vai trazer mais agilidade no processo e, consequentemente, mais eficácia na distribuição das doses que serão produzidas nessas indústrias.

Com a aprovação do requerimento não há mais a necessidade de o projeto passar pelas comissões da Câmara. O objetivo desse pedido é que a proposta seja aprovada com mais celeridade diante da crise sanitária imposta pelo novo Coronavírus em todo o país. O senador explica que “o projeto busca facilitar e estimular a realização dos trâmites necessários à utilização dessas plantas industriais para a produção de vacinas contra a Covid-19, assim ampliando a oferta de doses e acelerando a imunização da população.”

A deputada Aline Sleutjes (PSL-PR), presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados (CAPADR), conta que a proposta vem sendo discutida desde março pela Comissão Temporária da Covid-19. Ela afirma que “essa tecnologia viabilizará a produção de um IFA 100% nacional.”

Segundo Aline Sleutjes “a Anvisa já deu o sinal verde.” A deputada explica que a Agência faria o controle de qualidade, como é feito hoje com o IFA importado. “O Brasil vai produzir as vacinas necessárias para imunizar a população brasileira em tempo recorde e ajudar países mais carentes.”

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), já inspecionou pelo menos duas indústrias veterinárias que demonstraram interesse em produzir as doses de vacinas contra a Covid-19. O projeto de lei também determina que para a fabricação dos imunizantes as indústrias devem atender uma série de requisitos de segurança.

Com a aprovação do requerimento de urgência, a proposta aguarda agora para votação no Plenário da Câmara dos Deputados. Caso aprovado, sem modificações no texto, o projeto segue para sanção presidencial.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.