Inscrições para o Mancha Crioula 2021 estão abertas

Inscrições para o Mancha Crioula 2021 estão abertas

PARTILHAR
Mancha Crioula 2019 - Crédito Gustavo Rafael Divulgação
Foto: Gustavo Rafael

Evento de Cavalos Crioulos Tobianos, Oveiros e Bragados conta com os tradicionais leilão e exposição; tradicional evento de verão, organizado pela Trajano Silva Remates

O Mancha Crioula 2021 vem aí. O tradicional evento de verão, organizado pela Trajano Silva Remates, que reúne Cavalos Crioulos de pelagens Tobiana, Oveira e Bragada, já tem datas para o leilão e a exposição. Na noite de sexta-feira, 05 de março de 2021, ocorrerá o leilão Mancha Crioula. Já no sábado, 06 de março de 2021, é a vez da Exposição Nacional de Tobianos, Oveiros e Bragados.

Conforme o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, o Mancha Crioula já virou uma realidade, sendo o leilão de animais manchados mais importante do Brasil pela sua tradição e liquidez. “Este ano vamos fazer um Mancha especial pelos 60 anos da empresa. Pelos contatos que já tivemos, teremos a melhor edição de todos os tempos, com muita gente nos prestigiando com animais de primeiríssima qualidade. Achamos que esta é uma tendência dos pintados que vem crescendo, pois mesmo os criadores de pêlo sólido procuram ter em sua manada uma parte de animais manchados”, salienta.

O julgamento do Mancha Crioula 2021 ficará a cargo de Álvaro Dumoncel enquanto o técnico será Felipe Maciel. Já o homenageado desta edição será Renato Vacinaletti, da Cabanha Mapuche. As inscrições para a Exposição de Tobianos, Oveiros e Bragados tem o valor de R$ 200,00. Já o leilão, que iniciará às 20h30min, com vaga para 30 fêmeas e cinco machos, tem inscrição de R$ 1.200,00 por égua e R$ 2.000,00 por cavalo.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.