Jacarezinho faz R$ 12,4 mil para 294 touros Nelore

Jacarezinho faz R$ 12,4 mil para 294 touros Nelore

Touros da Jacarezinho
Foto: Instagram @agroJacarezinho

A edição de número 30 do Leilão de Touros da Agropecuária Jacarezinho aconteceu na Fazenda Nova Terra em Cotegipe, oeste da Bahia.

Ao longo da 30º edição do Leilão de Touros da Agropecuária foram comercializados 294 touros, todos com CEIP e DEPs genômicas, o único leilão a fornecer estes dados no mercado para 100% dos animais ofertados.

Por ser uma data comemorativa, a Agropecuária Jacarezinho ofertou 50 touros a mais que na edição passada e, mesmo assim, o faturamento do evento aumentou mais de 10% em relação ao observado em 2016.

O faturamento total da edição 30º do Leilão de Touros da Agropecuária foi de R$4,22 milhões, sendo que os touros foram responsáveis por R$3,75 milhões da receita total.

A média de preços dos touros ofertados no 30º Leilão da Agropecuária Jacarezinho foi de R$12,4 mil.

Ian Hill, CEO da Agropecuária Jacarezinho comemorou o resultado do evento. De acordo com Hill “foi um feito inédito reunir em um único leilão essa quantidade de touros e todos com avaliação genômica”. E ressalta: “o mercado respondeu de uma forma amplamente positiva, mostrando que não há crise para quem investe em genética provada”.

Os números da 30 edição do Leilão de Touros da Agropecuária revelam que o pecuarista sabe da importância de investir no melhoramento genético dos rebanhos comerciais.

30º edição do Leilão de Touros da Agropecuária Jacarezinho Foto: Divulgação/Assessoria
30º edição do Leilão de Touros da Agropecuária Jacarezinho
Foto: Divulgação/Assessoria

Para Michael Bishop, Diretor de Desenvolvimento de Negócios da Illumina (empresa de biotecnologia americana que fornece a plataforma de genotipagem para a AJ), é “uma importante parceria, pois a equipe AJ vem colhendo os resultados do uso desta tecnologia na seleção de seu rebanho, e com a venda anual dos touros os compradores também são beneficiados”. E complementa “é não só a forma correta de utilizar a ferramenta genômica, mas também de propagar este benefício”.

Os destaques do leilão foram Merlot AJ, arrematado 50% por R$49.000,00, Tannat AJ, arrematado 50% por R$28.000,00 (ambos contratados pela CRV Lagoa, de Sertãozinho/SP). O maior comprador foi a Fazenda Guarani, de Aquidauna/MS, que levou 65 touros e investiu R$800.000,00 na genética AJ.

O fato é que mesmo que os preços do boi gordo estejam abaixo do observado em 2016 (clique aqui), a procura e, consequentemente, os preços dos touros negociados destacam a busca pelo avanço na produtividade e melhores margens na atividade.

​Fonte: Assessoria Agropecuária

PARTILHAR

21 anos, Jales/SP.
Estudante de Jornalismo, fotógrafa e estagiaria em Assessoria de Imprensa.
Contato: jornalismo@comprerural.com